Busque em todo o blog do Jornal de fato

Entre em contato conosco: defatojornal@gmail.com / 99209-9899

sábado, 15 de novembro de 2014

Edição 167 – Setembro
Editorial
Aécio Neves, a oposição sistemática da grande imprensa, e a vitória do PT de  Dilma, o Coração Valente!
Fácil para os petistas, os partidos aliados e os que apoiavam Dilma não foi. Mas a Presidenta está reeleita. A grande imprensa nacional – às vezes reproduzida mesmo pela pequena imprensa e a imprensa de municípios pequenos -, foi a principal adversária do PT e aliados. E a campanha contra o PT e Dilma não começou em 7 de julho de 2014, teve início quando Dilma tomou posse em 2010. De lá para cá, por mais que o governo popular de Dilma Rousseff (PT) tenha feito para mudar o País para melhor, a imprensa mostrou seu lado, omitindo os fatos. O que a população, de modo geral, ficou sabendo sobre os avanços dos três governos do PT foi no Programa Eleitoral Gratuito.
“Ciências Sem Fronteiras”, “Minha Casa, Minha Vida”, Transposição do Rio São Francisco, o menor índice de desemprego da história do País, com a geração de 20 milhões de empregos; crescimento dos salários, linhas de crédito, “Mais Médicos”, “Pronatec”, 36 milhões de pessoas retiradas da “linha da miséria” – e o Brasil, segundo a ONU, pela primeira vez saiu do Mapa da Fome no Mundo - nada disso a maior parcela da população sabia. A aprovação de Dilma aumentou expressivamente depois dos programas eleitorais, em que ela pode mostrar obras que a mídia ignorou ao longo dos últimos quatro anos, ou por inépcia ou por má fé, ou por ambas as coisas.
E, se, de um lado, a grande imprensa omitiu os avanços do governo, de outro, fez campanha aberta contra a campanha da petista. Às vezes, de forma mais velada e sutil, como fazem veículos como Globo e Folha de São Paulo; às vezes, explicitamente, como fez – sempre fez – a revista Veja, antecipando uma edição que sairia no dia da eleição para dois dias antes, e fazendo acusações levianas a partir de um suposto vazamento de uma suposta fala de um bandido, conhecido e preso: Paulo Roberto Costa. Tudo isso, repercutido pelo Jornal Nacional da Globo por longos 9 minutos, praticamente um terço do tempo do programa. Ou como fez a revista IstoÉ, publicando uma pesquisa de um instituto que não fica entre os mais reconhecidos no Brasil e tentando convencer a população de que Aécio teria quase – pasmem! - 18% de vantagem sobre Dilma, num momento em que todos os institutos considerados mais sérios davam empate técnico entre os dois ou vantagem para a Presidenta.
Mas tudo isso foi só um viés da oposição sistemática à Presidenta. Para tentar reverter o que parecia inevitável – a derrota nas urnas -, a campanha de Aécio tentou algo perigoso: incitar o ódio ao PT. O discurso do candidato, distante de qualquer proposta real para o País, tentou vencer as eleições pelo senso comum: martelar o tempo todo o discurso da corrupção, como se ela tivesse sido criada pelo PT e Dilma. Ora, entre 1994 e 2002, no Governo do PSDB de Aécio, a Polícia Federal executou apenas 48 operações; entre 2003 e 2012, aconteceram 1.273 operações, com mais de 15.000 presos. O que houve não foi o aumento da corrupção, mas o combate a ela e a explicitação de que ela existe, “sem varrer nada para debaixo do tapete”, como dizia a Presidenta. Além disso, foi o PT que criou a Controladoria Geral da União, para fiscalizar municípios no combate à corrupção. No entanto, a tentativa de Aécio foi em vão, pelo menos não colou com a maioria da população.  Ao mesmo tempo, a rejeição a Aécio disparou.
Mesmo com todo o antipetismo vigente no país, e alimentado pela mídia, Aécio se tornou mais rejeitado que Dilma. A agressividade dele nos debates contra Dilma aparentemente só agradou os chamados pitbulls. A voz rouca das ruas, mostraram as pesquisas, não achou bonito um candidato ser tão desrespeitoso com uma senhora mais velha que ele, e ainda mais sobrevivente de um câncer. Como registrou o jornalista Paulo Nogueira, “é incrível que a equipe de Aécio não o tenha orientado a ser menos grosseiro e mais civilizado.”
A incitação ao ódio ao PT também não adiantou. Aliás, como este Editor previa, muita gente, mesmo tendo críticas ao Governo Dilma e ao PT, à medida em que percebeu o risco da vitória do PSDB, reagiu e foi para as ruas, para as redes sociais, para onde pode, para defender que o País “não poderia andar para trás”. Era preciso corrigir erros, sim, mas sem perder o que foi conquistado nos últimos 12 anos. Intelectuais, sindicatos, movimentos de mulheres, indígenas, Sem Teto, MST, e mesmo setores do PSB, da REDE, todos se mobilizaram. O resultado veio em 26 de outubro.
É verdade que ainda há quem ainda vocifere contra os resultados e chega mesmo ao absurdo de ter saudades da maldita Ditadura Militar (que, ironicamente, não foi sofrida por esses que dela se lembram). Mas isso também vai passar. Afinal, independente do resultado, valeu a democracia, o voto direto nas urnas, a escolha feita por uma maioria de mais de 54 milhões de brasileiros.  



Edição 166 – Setembro
Prêmio Cidadão Brumadinense Sustentável
Comissão recebe indicações até o dia 20 de novembro


A Comissão responsável pelo Prêmio Cidadão Brumadinense Sustentável está recebendo as indicações da população. Quem quiser indicar algum cidadão ou entidade para concorrer à homenagem tem até o dia 20 deste mês para fazê-lo. Para fazer a indicação, basta que a pessoa envie uma mensagem para o e-mail premiocidadaosustentavel@brumadinho.mg.gov.br
Na mensagem, a pessoa deve se identificar, com seu nome completo. Além disso, deve fornecer seu endereço e o número do seu CPF. Quanto à pessoa ou entidade/grupo que quiser indicar, deve colocar o nome do indicado, para qual categoria o está indicando e justificar a escolha com um texto de, no máximo, 150 palavras. A seleção dos candidatos será feita em novembro, tendo como principal critério o número de indicações recebidas pelo candidato ou entidade e os textos de justificativas que acompanham as indicações. São 12 categorias, mas cada pessoa só pode indicar um cidadão ou entidade/grupo para concorrer. Assim quem for indicar deve pensar bem, já que poderá fazer apenas uma indicação.
Quem, não tiver computador em casa, pode utilizar um computador do Serviço de Atendimento ao Cidadão – SERAC -, na Câmara Municipal para poder participar das indicações.
Serão 36 cidadãos escolhidos, já que serão selecionadas 3 pessoas para cada uma das 12 categorias. A ideia é “reconhecer e valorizar as pessoas e/ou entidades que, destacadamente, contribuem para transformar Brumadinho em uma cidade mais democrática, justa, saudável e solidária”.

Categorias

São 12 as categorias. Cada pessoa poderá indicar apenas um (a) candidato (a) ou entidade/grupo para concorrer a uma das 12 categorias. 1) Democracia (pessoa ou entidade/grupo que se destaca por ser muito democrático no seu dia-a-dia, onde trabalha, estuda, enfim, onde vive); 2) Solidariedade (pessoa ou entidade/grupo que ajude o próximo de alguma forma, que gosta de ajudar, que dedica seu tempo a ajudar gratuitamente, voluntariamente; ´´e aquela pessoa boa, de coração bom, que vive ajudando os outros); 3) Inclusão Social (pessoa ou entidade/grupo que se preocupa com a inclusão das pessoas diferentes, que toma atitudes para incluir essa pessoas, para ajudar essas pessoas a terem uma vida normal, a serem respeitadas); 4) Simpatia e Boa Educação (é aquela pessoa muito educada, simpática, sorridente, que está sempre de bem com avida, que trata a todos com educação e carinho, com elegância, atenção; aquela pessoa “leve”, que totó mundo adora encontrar nas ruas, no trabalho etc); 5) Limpeza (é o agente de serviços, gari ou empregada doméstica, aquela pessoa que, ao cuidar da limpeza dos lugares, faz isso com esmero, com cuidado, com dedicação, deixando tudo limpinho, cheirando, embelezando os lugares); 6) Cultura (pessoa - artista, produtor, poeta, escritor, agitador cultural, musicista, maestro, instrumentista, pintor, desenhista, chargista, letrista etc – ou entidade, que seja bastante dedicado, tenha conduta exemplar, que se destaca na área cultural); 7) Educação (pessoa - professora, professor, pedagogo, diretor, diretora – ou entidade/grupo/escola que se destaca, que brilha, que tem uma postura diferenciada positivamente, que age com profissionalismo etc); 8) Educação (aluno ou aluna que seja destaque, aquela pessoa que é elogiada pelos professores, que cumpre suas tarefas de estudante, é pontual, faz os deveres de casa, estuda para as provas, está sempre frequente na escola, é solidário, ajuda os colegas, cuida do espaço escolar, colabora com a escola, é educado na escola, é esforçado etc); 9) Saúde (pessoa - auxiliar de enfermagem, enfermeira (o), auxiliar de dentista, dentista, médico (a), atendente, motorista de ambulância ou outro veículo, agente comunitário de saúde, agente de combate de epidemias etc – que seja destaque naquilo que faz, que faz seu trabalho com amor e dedicação, com profissionalismo etc); 10) Informação (pessoa - locutor, jornalista, redator, editor, colunista, articulista, apresentador, fotógrafo, repórter etc – ou entidade/grupo que se destaca, que faz seu trabalho com amor e dedicação, com profissionalismo etc); 11) Meio Ambiente (pessoa ou entidade que se destaca na proteção, conservação, cuidado, sustentabilidade do/com o meio ambiente.; aquela pessoa que faz a diferença, que serve de exemplo, que faz muito mais do que apenas um discurso de ambientalista); 12) Esportes (pessoa envolvida ou praticante de qualquer esporte - roupeiro, cortador de grama, colocador de rede, ajudante, massagista, treinador, dirigente etc – que seja destaque, que faça bem feito, aquela pessoa muito elogiada naquilo que faz). 

Lei que instituiu o Prêmio

O Prêmio foi instituído pela Lei 2054/2014. A iniciativa da Lei foi do vereador Reinaldo Fernandes (PT), mas de autoria de todos os vereadores, que a aprovaram por unanimidade. Segundo o Vereador do PT, a Comissão já recebeu 7 indicações. “Espero que até o dia 20 de novembro, a população possa encaminhar muitos nomes. O Município terá a oportunidade de homenagear as pessoas que fazem de nossa cidade uma cidade legal, boa pra se viver. Acho muito importante reconhecer o valor das pessoas, reconhecer que suas atitudes ajudam Brumadinho a ser uma cidade boa para se viver”, disse Fernandes.

Premiação dos escolhidos

A premiação dos 36 cidadãos ou entidades/grupos escolhidos ocorrerá anualmente, sempre na data de comemoração de aniversário de emancipação política do município, no dia 17 de dezembro. Nesta data a Prefeitura, através da Comissão, fará uma cerimônia para a entrega solene da premiação.



Categorias do Prêmio Cidadão Brumadinense Sustentável

       Indique uma pessoa ou entidade/grupo que (seja):

1
Mais solidária
2
Mais simpática e educada
3
Mais desenvolve ações de inclusão social
4
Mais se destaque na limpeza da cidade e de seus prédios
5
Mais se destaca na cultura
6
Mais se destaca na escola como aluno
7
Mais se destaca na escola como professor, diretor, pedagogo etc
8
Mais se destaca na Saúde
9
Mais se destaca na Comunicação
10
Mais se destaca em ações de defesa/proteção do meio ambiente
11
Mais se destaca nos esportes
12
Mais se destaca na área de informação


Edição 166 – Setembro
Dilma Rousseff (PT) e reeleita Presidenta


“Não foi fácil!”, confessam os petistas de Brumadinho e do Brasil. Mas Dilma Rousseff, a candidata do PT, está reeleita Presidenta do Brasil para mais 4 anos.
No pleito do dia 26 de outubro, no segundo turno das eleições, Dilma Rousseff (PT) obteve 54.499.901 votos, o que equivale a 51,64% dos votos válidos. Já o candidato derrotado do PSDB, Aécio Neves, obteve 51.041.010 votos, equivalente a 48,36% dos votos. A diferença entre os dois foi de 3.458.891 votos a favor de Dilma (PT).
Em Brumadinho, a Presidenta obtivera 6.342 votos no 1º turno, 32,79%, contra 9.799 de Aécio, 50,66%. Mas no 2º turno, foi Dilma Rousseff (PT) quem cresceu mais, passando para 8.369 votos, um crescimento de 2027 votos, ou 32% a mais do que a votação de 5 de outubro. Dilma Rousseff (PT) chegou a 41,91%. Já Aécio chegou a 11601, crescimento de 1802 votos, ou 18%. Na totalização em Brumadinho, Aécio ficou com 50,66% no 1º turno e 58,09% no 2º; Dilma Rousseff (PT) ficou com 32,79% no 1º turno e 41,91% no 2º.

Votação de Dilma em Brumadinho

Na votação de 2º turno em Brumadinho, a sede deu menos votos a Dilma Rousseff (PT) do que o interior. Na sede, urnas como as do Semear, Cemma e Paulo Neto Alkmim deram em torno de 37% de votos a Dilma, abaixo da média do Município.
Já o interior do Município votou bem mais na candidata do PT. O Soares foi o campeão, dando nada menos do que 75,36% dos votos à Dilma Rousseff (PT). Em seguida, Marinhos deu 61%, seguido de Martins, 59%. Em 4º lugar, Marques, com 58,6%, seguido de perto pelo Melo Franco (57,73%) e José Henriques (54,44%). O 7º colocado no ranking de mais votos para a candidata do PT foi Córrego de Almas, com 53,26%, seguido de São José do Paraopeba e Águas Claras (50%). Conceição de Itaguá repetiu a boa votação que sempre deu ao PT nas eleições nacionais, dando 48,91% a Dilma. Aranha e Tejuco também ficaram bem acima da média do Município, com 44,07% dos votos. Na sede, as boas votações em Dilma Rousseff (PT) ficou para as urnas da Paulina (44,34%) e Padre Machado, 43%.
Analistas variados indicavam uma tendência dos mais ricos votarem no PSDB de Aécio. A previsão parece verdadeira: no condomínio de luxo Retiro das Pedras, onde moram os “brumadinenses” mais ricos, Dilma obete4ve apenas 13,14 % dos votos, a pior votação, contra 86,86 de Aécio.            

Culpa do Nordeste

No primeiro turno, a região Nordeste do Brasil votou em peso em Dilma. Bastou isso para que um dos maiores caciques do PSDB, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, dissesse que os nordestinos votam no PT por serem “menos informados”. O resultado foi uma votação mais expressiva no 2º turno. Nem mesmo o apoio de Marina Silva (PSB ou Rede, não se sabe ao certo) e da família de Campos ajudaram Aécio. Dilma teve 70% dos votos do Nordeste. Em Serra Talhada, interior de Pernambuco, terra de Lampião, Dilma emplacou 81% dos votos.
No entanto, há quem diga que Aécio Neves perdeu mesmo foi em Minas. No estado, 11.408.243 eleitores votaram, num ou noutro. Dilma recebeu 52,41% dos votos e o PSDB 47,59. Se o ex-governador tivesse aberto uma boa margem de votos, a história poderia ser outra. A péssima condição da Educação em Minas, o falso “choque de gestão”, que deixou uma dívida de 7 bilhões para o próximo governador, dentre outras mazelas, como a construção de aeroportos em terras da família, gasto em Saúde abaixo da determinação legal e a censura e perseguição aos jornalistas durante os 12 anos de governo parecem ter contribuído para que os mineiros rejeitassem fortemente o senador do PSDB. 
Em Guarulhos (SP), após o anúncio da derrota do candidato do PSDB, a presidente municipal do PSDB Mulher, Sônia Delfino, acusou a população de Minas de ter “traído” o tucano e disse que pretendia protestar nas ruas a partir daquele dia pelo “impeachment da presidente” reeleita.

Derrota dupla em Minas  

Aécio Neves não apenas foi derrotado em Minas, mas foi derrotado no 1º e no 2º turnos. Além disso, o PSDB foi derrotado também na disputa para o governo de Minas. O candidato a governador de Aécio, Pimenta da Veiga (PSDB) foi derrotado ainda no 1º turno das eleições.    


Pesquisas erram no primeiro turno. Mas acertam no segundo

No 1º turno, os principais institutos de pesquisa no País, Datafolha, Ibope e Vox Populi erraram muito. Exemplo disso foram as disputas para os governos do RS, BA e mesmo aqui em Minas. No RS, Tarso Genro (PT) era apontado como o 1º, mas ficou em 2º e o terceiro colocado foi o primeiro, sendo eleito em 5 de outubro. O candidato do PT na Bahia, terceiro colocado nas pesquisas, foi eleito em 1º turno.  
Pimenta da Veiga, apontado com apenas 33% dos votos, obteve mais de 40 nas urnas.
No segundo turno, os três institutos acertaram, dentro da margem de erro, dois deles.  
Na segunda-feira, 20 de outubro, o Datafolha anunciou que Dilma passara Aécio pela 1ª vez, tendo 52% das intenções de votos contra 48 de Aécio. Ao que tudo indicava, os apoiadores de Dilma foram para as ruas e isso mudou a situação. Engajamento do movimento sindical, popular, artistas e intelectuais parece ter surtido efeito. Depois dessa, todas as demais pesquisas deram Dilma na frente. 
Na mesma data, a Vox Populi fava Dilma também com 52 contra 48 de Aécio.
Dois dias depois, o Datafolha mostrava Dilma com os mesmos 52 contra os mesmos 48 de Aécio. Na mesma data, a Vox Populi dava 52 X 48 em Minas. No Ibope, no mesmo 23/10, o Ibope deu Dilma com 54 a 46.
Às vésperas das eleições, todas as pesquisas indicavam a vitória de Dilma. Na pesquisa Datafolha, com entrevistas realizadas nos dias 24 e 25, Dilma marcou 52% e Aécio alcançou apenas 48%. A Vox do dia 25 deu 54% a 46% para Dilma.  E o Ibope deu 53 a 47.
Quando as urnas foram abertas, 52% para Dilma e 48% para Aécio. Datafolha acertou em cheio. Os outros dois, dentro da margem de erro de 2 pontos para cima ou para baixo, também acertaram.

Pesquisas fraudulentas do PSDB

Na tentativa de ganhar os votos dos eleitores, teve de tudo. Enquanto os três institutos mais reconhecidos do Brasil mostravam uma disputa acirrada e apertada, o PSDB divulgou duas pesquisas em que Aécio aparecia com larguíssima vantagem sobre Dilma. Na pesquisa de um tal de Instituto Veritá. desconhecido do mercado, Aécio tinha 9 pontos à frente de Dilma. 
Outra pesquisa, realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas, também colocou Aécio na frente, mas por uma margem menor: 54% a 46%. A revista Época (do Grupo Globo), por exemplo, anunciou, triunfal, essa pesquisa. Por esse levantamento, Aécio já estava virtualmente eleito.
A pesquisa, do Instituto Veritá, era comprovadamente enganosa. A notícia foi postada no site da Folha, mas sem destaque algum.
Site brinca com fala de Aécio durante debates


SENSUS e a fraude da IstoÉ

Já a revista ISTOÉ mostrou seu lado VEJA: publicou uma pesquisa, da SENSUS, em que Aécio teria nada menos do que 17% na frente de Dilma, uma vitória para ser chorada por décadas e décadas pelos petistas, mesmo depois que Ibope e Datafolha apontarem empate técnico entre os candidatos.
Análises da tal “pesquisa” da IstoÉ mostrou a manipulação:  as cidades escolhidas pelo Sensus para sua pesquisa de segundo turno beneficiou cidades “aecistas”. No primeiro turno, Dilma venceu em 3.648 municípios, enquanto Aécio ficou à frente em 1.821 cidades, e Marina obteve melhor votação em 99 municípios. Ou seja: Dilma venceu em 65,51% dos municípios, enquanto Aécio venceu em 32,70% e, Marina, em 1,77%. No levantamento da Sensus, no entanto, das 136 cidades escolhidas, 66 deram vitória à presidente no primeiro turno, enquanto 61 deram vitória ao PSDB e 9 ao PSB. Portanto, na amostra do instituto, 48,52% das cidades foram “dilmistas” no primeiro turno, 44,85% foram aecistas e 6,61% preferiram Marina.
A manipulação da pesquisa ficou nítida em Minas Gerais. No Estado, Dilma venceu em 640 cidades no primeiro turno, enquanto Aécio faturou em outras 213. Portanto, Dilma venceu em 75,02% das cidades, enquanto Aécio levou a melhor em 24,97%. O natural seria imaginar que a amostra, agora, contemplasse esse cenário. No entanto, entre as 15 cidades “sorteadas” pelo instituto para o levantamento do segundo turno, nove foram “aecistas” (60% do total) no primeiro turno, e apenas 6 foram “dilmistas” (40%).
Embora Minas tenha 853 municípios e São Paulo possua 565, foram ouvidos moradores de 15 cidades mineiras, e 23 cidades paulistas. Por lá, a vitória de Aécio foi bem maior.
Restou ainda dúvidas sobre outras manipulações, como, por exemplo, número de leitores ouvis em São Paulo (maior eleitorado do país) e em Minas (segundo maior colégio eleitoral). 
Ao final, as máscaras caíram e Dilma Rousseff (PT) foi reeleita.

Vitória de Dilma é recebida com lágrimas na sede do PSDB em SP


A vitória da Presidenta Dilma Rousseff (PT) foi recebida com lágrima e indignação na sede do PSDB em São Paulo. Os aecistas não acreditaram nas notícias da TV. Informações davam conta de que vazara a notícia de que Aécio estaria bem à frente na apuração ante dela ser divulgada na TV – às 20 horas - por causa do fuso horário do Acre (2 horas antes) e o horário de verão (mais uma hora). Aécio estaria eleito, acreditavam seus apoiadores mais próximos. Como a apuração deve ter se iniciado pela região Sudeste, especialmente SP, o peessedebista devia mesmo estar à frente de Dilma antes do início da apuração da região Nordeste. Conta-se que o próprio FHC, que não viria para BH, onde Aécio estava, tomou um avião depois da “boa notícia”, como fizera o apresentador global e aecista, Luciano Hulk..   
Mas após a derrota de Aécio Neves (PSDB) ser oficializada, pouco depois as 20 h, o governador Geraldo Alckmin cancelou o pronunciamento público na que faria na sede do partido. Um palco com microfone e banner que trazia a imagem do presidenciável tucano ficou intacto.
No local, cerca de cem militantes e simpatizantes do partido vaiavam a petista e puxavam gritos anti-PT. “A nossa bandeira jamais será vermelha”, lamuriavam em frente a um telão que mostrava o resultado final da apuração: Dilma 51,64% - Aécio Neves 48,36%.  




Edição 166 – Setembro
Sai a lista de aprovados no concurso da Guarda Municipal

A Prefeitura publicou, na edição a do Diário Oficial do Município (DOM) do dia 4 de novembro, a relação dos aprovados na primeira etapa do concurso da guarda municipal de Brumadinho. Foram classificados os primeiros 384 candidatos do sexo masculino e as 96 primeiras candidatas do sexo feminino, que serão convocados para a prova de capacidade física.
Também de caráter eliminatório, a próxima etapa do concurso será realizada nos dias 22 e 23 de novembro, na Estação Conhecimento.
Os candidatos devem se apresentar para a prova de capacidade física munidos de documento identidade com fotografia, de preferencia o apresentado no ato da inscrição, além do comprovante definitivo de inscrição (CDI).
Também devem levar atestados médico original, em papel timbrado, com carimbo que constem o nome e CRM do médico, expedido em data, no máximo, retroativo a 20 dias da realização da prova de capacidade física.
A prova será composta pelos testes de shutle run, flexão abdominal e resistência aeróbica (2.400 metros). O candidato deve comparecer à Estação Conhecimento usando trajes como camiseta, calção de ginástica ou malha e tênis com meia.
Para a terceira etapa do concurso, o exame psicológico, serão convocados 256 candidatos do sexo masculino e as primeiras 64 candidatas do sexo feminino aprovadas e classificados na  prova de capacidade física .
Para mais informações, o candidato pode ligar na Fundação Guimarães Rosa (FGR), que realiza o Concurso, no telefone 3263-1600, ou para a Prefeitura, no numero 3571-6067.

Edição 166 – Setembro
Programa Inhotim Musical terá concertos de fim de ano
Apresentações na Igreja Matriz e no Instituto Inhotim já estão confirmados

Concertos especiais marcam o encerramento das atividades do projeto Inhotim Musical em 2014. Orquestra e coros se unem por meio de uma programação musical diversificada e apresentam ao público obras nos mais diferentes estilos, valorizando a música instrumental e o canto coral.
Trata-se de uma mostra do que foi trabalhado durante o ano com a orquestra e os coros. Após um período de intenso trabalho técnico, musical e artístico os grupos se apresentam levando ao público de Brumadinho e visitantes do Inhotim, a oportunidade de vivenciar a música na forma de concerto e ao mesmo tempo observar o desenvolvimento dos alunos do projeto.

Para o maestro e diretor musical responsável pelo projeto, César Timóteo, o mais importante é dar a esses jovens a consciência de um trabalho musical sério, visando a qualidade e a excelência. Isso desde os primeiros passos no aprendizado. “É gratificante ver crianças, com 8, 9 ou 10 anos, dando seus primeiros passos,  tocando e cantando melodias simples,  com consciência plena de qualidade e comprometimento com o que fazem.  Isso torna o projeto sólido, duradouro e capaz de promover de fato uma transformação social em sua verdadeira essência” avalia o maestro.
A orquestra formada pelos jovens da Escola de Cordas Inhotim conta com 35 instrumentistas entre violinistas, violistas, violoncelistas e contrabaixistas. Trata-se de uma formação de Câmara que tem conquistado prestígio, com elogiada performance nas apresentações públicas.
Nas apresentações, além da participação do Coro Adulto Inhotim, poderão ser ouvidas as vozes delicadas das 40 crianças que compõe o Coro-Infanto Juvenil Inhotim, grupo que caminha na direção de ser uma grande referência na modalidade em Minas Gerais.
No repertório, obras dos compositores: Pachelbel (1653 - 1706),  Telemann (1681-1767), Handel (1865 - 1759), Bizet (1838 - 1875), Strauss (1825 – 1899), John Leavitt (1956), Villa Lobos (1887 – 1959) e Milton Nascimento (1942). Para finalizar o concerto, obras natalinas como Panis Angélicus de César Franck (1822 - 1890) e Tu Scendi Dalle Stelle, canção tradicional italiana composta por Alphonsus Maria de Liguori (1696 - 1787)
Dois concertos já estão confirmados. No dia 28 de novembro, na Igreja Matriz de São Sebastião, às 19h30; e no dia 6 de dezembro, no Teatro Burle Marx, em Inhotim, às 15h30.
As informações são da Assessoria de Imprensa de Inhotim.

Edição 166 – Setembro
Minha Princesa Luiza,


No dia 28 de maio de 1999, Deus colocou em minhas mãos um anjinho, pediu que cuidasse bem dela. O nome eu já sabia, seria Luiza: Luz, Brilho, Alegria. Durante alguns meses não foi percebido como aquele anjinho seria tão especial, era mais que especial, era a princesa de minha vida. Teria dificuldade física, não conseguiria caminhar sozinha, porém, teria muita alegria e muito sorriso em seu rosto. As dificuldades não a impediram de ser feliz, de ser comunicativa. Luiza não aprendeu escrever ou ler, mas pra que precisaria? Ela falava algumas palavras, mesmo não tão nítidas, mas pra mim eram bem entendidas. Gostava muito de café com leite, iogurte, gostava de pintar, de ver fotos, joguinhos no computador, programas de tv, encontro com Fatima Bernardes e Caldeirão do Hulk. Luiza foi minha professora, me ensinou a ser mais humana.
Na matemática da vida me ensinou a somar, multiplicar e dividir, me ensinou a tornar uma mulher muito sábia: Sábia em paciência, doação e amor... Ensinou-me que não precisamos de coisas materiais para ser feliz. Precisamos de um coração enorme para armazenar as emoções da vida.
No dia 26 de outubro de 2014, Deus a chamou de volta para junto dele e deixou em nos um vazio enorme, uma dor indescritível. Estou sem ar, sem chão, pois em nenhum momento da minha vida imaginei viver sem Luiza, ela era presença, alegria, complemento, luz, estrela, o sol de nossas vidas, o céu. Era tudo! Só que Deus precisou de um anjo e a escolhida foi Luiza... Ele já havia levado minha mãe e agora você.
Saudades da nossa princesa querida!

Edição 166 – Setembro
Poucas e Boas
“A ascensão de Dilma tem bases sólidas demais para sua candidatura desabe a esta altura. Sua aprovação aumentou expressivamente depois dos programas eleitorais, em que ela pode mostrar obras que a mídia ignorou ao longo dos últimos quatro anos, ou por inépcia ou por má fé, ou por ambas as coisas.”

Jornalista Paulo Nogueira, fundador e diretor editorial do site de notícias e análises Diário do Centro do Mundo, no texto “O dilema de Aécio depois destas últimas pesquisas”, escrito em 23 de outubro, a dois dias das eleições

“Estarrecido com a reação aqui no Face de gente que votou em Aécio, convido-os a usarem melhor suas ideias, formação, visão e cultura para fazer efetiva oposição ao governo, oposição com ideias e não com xingamentos (“preguiçosos fdp” foi uma das pérolas que li aqui nos posts e defensores de Aécio sobre quem elegeu Dilma) para termos um país melhor. Como sempre atuei em ONGs e muitas delas que fazem acompanhamento, avaliação, sugestão de políticas públicas e incidência, ser oposição e opinar com inteligência sobre governos é natural, desejável e lastro de democracia para mim. Não entendo porque os vencidos de agora não podem fazer como fizemos durante os anos de hegemonia tucana. A reação desmedida, cheia de lugares comuns e infantilidades (porque que é isso que são no final das contas) só me levam a não acreditar na indignação de tantos como sinônimo de compromisso com a ética, a boa política e o próprio Brasil.

Teo Armindo, articulista do jornal de fato, um dia após as eleições


Edição 166 – Setembro
Curtas
Idealizador de Inhotim recebe Ordem do Mérito Cultural
Na quarta-feira, 05/11, Dia Nacional da Cultura, Bernardo Paz, idealizador do Instituto Inhotim, recebe em Brasília a Ordem do Mérito Cultural, insígnia que reconhece as contribuições de artistas, personalidades e instituições para o País. O evento promovido pelo Ministério da Cultura acontece no Palácio do Planalto e terá a presença da presidente Dilma Rousseff (PT). Além de Paz, nomes como o estilista Oskar Metsavaht e a cantora Marisa Monte também recebem a condecoração.

Edição 166 – Setembro
Feira Grátis da Gratidão
Evento aconteceu pelo 3º ano seguido, bela iniciativa de Maria Cândida Vianna


"’Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é...’ Vem compartilhar o seu jeito especial e único de ser na Feira Grátis da Gratidão! Esse espaço é pra você inventar, criar e recriar e mostrar as coisas boas que existem no seu coração, de uma forma simples, leve, gostosa! Ideias, arte, atividades, mensagens, aquele talento especial que você tem, aquilo que você tem de sobra sabe?! Já pensou como isso pode fazer do mundo um lugar beeemm mais gostoso de se viver???”
Foi assim que a psicóloga Maria Cândida Vianna, através da rede social facebook, convidou as pessoas para participarem da III Feira Grátis da Gratidão de Brumadinho. A Feira aconteceu, como no ano passado, na “Pracinha” do Canto do Rio, na tarde do último dia 1º de novembro, e reuniu centenas de pessoas.  Maria Cândida é a principal articuladora da Feira, embora prefira dizer que que a Feira é de todos e não exista quem ajude mais ou ajude menos.  
Ali na Pracinha, as pessoas puderam se encontrar, para doar e receber. A ideia da Feira é simples: você vai e leva o que quiser: sorrisos, roupas, livros, abraços, beijos, palavras, arte, um cavalo para o pessoal dar voltas, oferece aulas de yoga, massagens, qualquer coisa de boa que você tenha. Ou não leva nada. E você pega, na Feira, o que quiser, com a ideia de que pegue o que precisa, se for usar. Ou não pega nada. É liberdade total! “Aprenda a doar e abra o coração para receber”, diz um dos cartazes espalhados pelos jardins da Praça.

Outros eventos dentro da Feira

Neste ano, a Feira Grátis da Gratidão foi diferente dos dois anos anteriores.  Desta vez, a Feira foi engrossada por uma mostra do Grupo Cultural Batucabrum e pelo 1º Festival de Rua Laboratório Mambembe, de Inhotim.

Mostra de Oficinas do Grupo Cultural Batucabrum


O Batucabrum mostrou o resultado das oficinas de percussão e grafite realizadas no período de abril a outubro deste ano. As oficinas envolveram adolescentes da sede do Município, incluindo a COHAB e de Piedade do Paraopeba, que fizeram apresentações separadas, este grupo sob a batuta do Professor Daniel. Parceiro do grupo, o cantor Sanrah agitou a galera, acompanhada do Batucabrum, No palco, Wallace Rocha; comandando o Batucabrum, Dinho Tarja, ambos do AfroReggae (Rio de Janeiro).
Enquanto isso, a garotada grafitava o muro do Canto do Rio F. C., com motivos desportistas, sob o comando de Lecy Geovane, “Testa” e Humberto Leite, o Beto.
O Batucabrum apresentou ainda oficina de violão.           
  
1º Festival de Rua Laboratório Mambembe

O 1º Festival de Rua Laboratório Mambembe também estava recheado de atividades. Segundo Inhotim, toda a programação foi construída de forma colaborativa entre os participantes de projetos educativos desenvolvidos no Instituto e artistas da cidade. A proposta do festival, conta Inhotim, nasceu no início do ano, a partir de uma vontade dos jovens do programa Laboratório Inhotim de retornar a Brumadinho e levar para sua cidade aquilo que vêm praticando há anos no Inhotim, Belo Horizonte e em cidades como Londres, Buenos Aires e Nova Iorque.
O de fato conversou com uma das jovens participantes do Laboratório, Vanessa Cristina Brasil Pereira, 13 anos, que esteve recentemente em Nova Iorque por uma semana. Vanessa participou do Blook Party, Festival de Rua do New Museum. “Foi uma experiência muito legal, especialmente por causa da língua diferente, a gente tinha que se virar para se comunicar, usar mímicas etc”, nos contou Vanessa. “Aprendi a valorizar mais a arte, a ver o mundo com outro olhar: a questão não é ser é feio ou bonito mas o que a gente sente na alma”, disse à nossa reportagem. Sobre a Feira, Vanessa disse que estava feliz, por ser uma experiência boa, que sai da rotina do dia-a-dia. Nos Estados Unidos, ela trabalhou com papel crepon, lápis, giz, pintura, colagens, nos contou.
Vanessa e sua mãe, Dirlene Brasil
Segundo Inhotim, o Laboratório Inhotim é um programa de formação por meio da arte voltado para alunos de 12 a 16 anos da rede pública de Brumadinho. Ao realizar pesquisas e experimentações, os participantes desenvolvem um olhar crítico e reflexivo não apenas para o universo artístico, mas para todo o contexto em que estão inseridos, tornando-se agentes ativos em suas comunidades. Cerca de 200 jovens já passaram pelo Laboratório Inhotim desde seu início, em 2007. Além de Nova York, o projeto já levou jovens para Londres e Buenos Aires.
Enquanto isso, noutra barraca, Vinícius Porfilho Parreiras, Educador Ambiental, nos ofereceu mudas de salsinha, coentro, e outras mais. Era a parceria com o Acampamento Pastorinhas. Perguntado sobre a Feira, Vinícius avaliou como positiva. “É uma forma de Inhotim se aproximar da comunidade, ao mesmo tempo em que a comunidade pode conhecer os projetos socioambientais desenvolvidos pelo Instituto”, disse o jovem. Parreiras contou-nos que a equipe de Educação Ambiental de Inhotim propõe a sensibilização ambiental através de conversas, da doação de mudas, dialogando sobre agricultura familiar.
O Festival contou ainda com oficinas de origami, pintura corporal, pintura em papel, dentre outras. 

Outras atrações

A III Feira Grátis da Gratidão de Brumadinho contou ainda com apresentações musicais dos excelentes Zé Moulaz e Brás da Viola, tocando e cantando música sertaneja de raiz; o grupo de dança de Wilton Cavalcante, Swing do Bicho; o Trio PerTubaSax , de Aldo Silva e cia. Ainda teve a Banda Lóttus, de André Gomes, Gérson, Guilherme Barros e os vocais de Natália Porto, mostrando o bom e velho rock’n roll.   
O dia foi encerrado com exibição dos curta metragens produzidos pelos alunos do Projeto Cinema na Praça em Brumadinho e região, seguida do filme "Uma Professora Muito Maluquinha".

Edição 166 – Setembro
Pimentel anuncia equipe de transição

O advogado Marco Antônio Teixeira será o coordenador da equipe de transição de governo. O anúncio foi feito pelo governador eleito de Minas Gerais, Fernando Pimentel. Além de Teixeira, Pimentel apresentou os outros seis integrantes da comissão: Helvécio Magalhães, Marco Aurélio Crocco, Eduardo de Lima Andrade Ferreira, Murilo Valadares, Paulo Moura e Marco Antônio Castelo Branco.
“Esse grupo vai fazer um diagnóstico profundo do Estado para que possamos implementar nosso programa de governo. Mas asseguro que não haverá nenhuma mudança abrupta. O que estiver funcionando bem , vamos manter. O que tiver de ser corrigido, será corrigido. Não queremos causar tumulto, provocar nenhuma ruptura na administração estadual”, disse o governador eleito.
A instalação da equipe de transição está prevista em lei e permite à equipe do governante eleito o acesso irrestrito a todos os dados do município, do Estado ou da União. Da parte do atual governo, as indicadas para integrar a comissão foram as secretárias Renata Vilhena, de Planejamento e Gestão, e Maria Coeli Simões, da Casa Civil.
Pimentel também anunciou a criação de uma comissão política, comandada pelo vice-governador eleito, Antônio Andrade, que será responsável pelo diálogo com a Assembleia Legislativa para a construção de um bloco de apoio ao governo. Integrarão essa comissão os presidentes dos quatro partidos que compuseram a coligação proporcional estadual (PT, PMDB, PROS e PRB), o deputado federal Bernardo Santana (PR) e outros nomes que serão definidos pelo vice-governador.

Integrantes da comissão técnica

Marco Antônio Rezende - Advogado, é funcionário de carreira da CBTU. Foi diretor jurídico e superintendente da Sudecap no governo Patrus Ananias. Foi procurador-geral de Belo Horizonte.

Helvécio Magalhães - Médico, especialista em Epidemiologia e doutor em Planejamento em Saúde pela Unicamp. É médico concursado da PBH. Foi secretário municipal de Saúde nos governos Célio de Castro e Fernando Pimentel. Foi secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, no governo Dilma Rousseff, de onde saiu para coordenar a campanha de Fernando Pimentel ao governo de Minas Gerais.
Marco Aurélio Crocco - Economista, é professor da UFMG. Doutor em economia pela Universidade de Londres, coordenou a elaboração do programa de governo de Fernando Pimentel.
Eduardo de Lima Andrade Ferreira - Engenheiro civil. Trabalhou na indústria de construção pesada. É consultor da área de óleo e gás.
Murilo Valadares - Engenheiro civil, foi administrador da regional Centro-Sul, na gestão Patrus Ananias. Na administração Célio de Castro, foi diretor de operações da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) e superintendente da Sudecap. Foi secretário municipal de Políticas Urbanas nos governos Fernando Pimentel e Márcio Lacerda.
Paulo Moura - Economista. Foi secretário municipal de Governo na gestão Fernando Pimentel.
Marco Antônio Castelo Branco - Ex-presidente da Vallourec e da Usiminas. É vice-presidente da Fiemg.
Pimentel foi eleito no primeiro turno das eleições, com 5.362.870 votos, 53% dos votos válidos, e acaba com a hegemonia do PSDB em Minas, que esteve à frente do Estado por 12 anos. Em Brumadinho, Fernando Pimentel obteve 8.484 votos, equivalente a 48,50% dos votos válidos, contra 47,51 do PSDB, 8.310 votos. 

Edição 166 – Setembro
Jesus na Praça contagia Brumadinho
Evento contou com grande público  num dia de muita oração e fé
Por Fernando Moreira

Aconteceu com uma grande participação o maior evento de Brumadinho realizado pela paróquia São Sebastião da Arquidiocese de Belo Horizonte, o Jesus na Praça. Ao estilo da Renovação Carismática, com muita fé, entrega e devoção dos fieis que se acotovelam para participar, com o comando do iluminado padre Renê Lopes, a programação foi aberta com a celebração animada da Santa Missa. Na sequencia houve o louvor infantil, almoço no local. As instalações da Rodoviária foram fechadas e o local ficou estrategicamente isolado, com os ônibus parando do lado de fora.
A pregadora e cantora Nandah, do Mato Grosso, abriu a sessão de pregações e falou sobre perseverança. Às 15 horas teve o terço cantado e meditado da Divina Misericórdia, e, em seguida, aconteceu outra Pregação, com Daniel Pio e o tema: “Buscai o senhor enquanto pode ser achado".
O consagrado Missionário do Grupo Aviva Oscar Lobão, de São Paulo, falou sobre "Todo joelho se dobrará e toda língua proclamará que Jesus Cristo é o Senhor". Com uma maneira muito peculiar, ele levantou a galera.


Preparação

Para o evento foram realizadas varias atividades para custeá-lo e feitas muitas ações litúrgicas em preparação para o grande dia. A infraestrutura foi bem montada, com várias e grandes tendas, com cadeiras para todos, banheiros, barracas com artigos do evento, artigos religiosos, bebidas e comida, equipe de apoio, interseção, segurança.
A banda e Ministério de Musica São Miguel Arcanjo e todas as pastorais envolvidas deram um show à parte. Sem palavras para mensurar a importância do Padre Renê Lopes com as mudanças ocorridas na igreja católica de Brumadinho, com as inovações e coragem de executar as mudanças à luz do evangelho nos novos tempos, superlotando as igrejas por todo município ao ponto de abrir um espaço como uma praça que é o coração de Brumadinho para promover um encontro desta magnitude.
A participação total da juventude sadia, idosos e crianças que compartilham deste novo tempo, assessorado de perto por seus companheiros solidários Felipe e Ite. Padre Renê Lopes para muitos é o Padre Marcelo de Brumadinho com toda sua fé e carisma, um homem de Deus que veio para incomodar e abalar as estruturas do comodismo e da mesmice.
Às 20.30 h o padre Renê voltou com Oração e adoração com todos os padres, pastorais e toda multidão receberam a Bênção do Santíssimo Sacramento. Nesse dia 18 de outubro fomos também abençoados com este grande momento de oração e meditação, pois Eu mais minha grande companheira Idalina fizemos mais um ano de casamento e fomos agradecer a Deus por Tudo.
Parabéns a todos que participaram na Praça Paulo Alves Moreira, conhecida praça da rodoviária que jamais será a mesma pois muita unção aconteceu ali, e com  certeza sempre será lembrada como Praça de Jesus Cristo.


Edição 166 – Setembro

Edição 166 – Setembro
COPASA licita obras para construção da Estação de Tratamento de Esgoto em Brumadinho
 
Na edição de nº 165 do de fato (agosto/14), o jornal publicou matéria que noticiava que o Ministério Público de Minas Gerais entrara com uma Ação em que pedia que uma estação de tratamento de esgoto (ETE) fosse construída na cidade em dois anos. A Ação pedia, ainda, a prisão do diretor-presidente da COPASA “por crime ambiental previsto no artigo 54 da Lei de Crimes Ambientais”. A lei prevê pena de cinco anos de reclusão.
“O despejo irregular de esgoto em rios e córregos de Brumadinho (...) vem há anos causando danos ambientais à cidade. Para tentar acabar com a poluição, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) entrou com uma ação civil pública contra a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e o município. As duas partes terão que construir, em um prazo de dois anos, a estação de tratamento de esgoto (ETE). O promotor Mauro da Fonseca Ellovitch também denunciou o diretor da Copasa por crime ambiental”, dizia a matéria. “As investigações do MP sobre o despejo irregular de dejetos nos mananciais se estende desde 2008. Na época, a Copasa e o município de Brumadinho afirmaram que iriam construir uma estação de tratamento até 2013. Nas apurações recentes, vimos que sequer uma licença prévia para implantação desse tipo de sistema eles têm. Não existe projeto e nem o local de onde a ETE será instalada. Isso caracteriza omissão do município e da concessionária", continua a matéria.o
As ações da Promotoria já surtiram efeitos positivos para a população de Brumadinho. 

Licitação

No último dia 22 de outubro, a Copasa publicou, no jornal “Minas Gerais”, órgão oficial do Estado, o aviso de licitação para a execução das obras e serviços da primeira etapa do sistema de esgotamento sanitário de Brumadinho.
Segundo informou a Prefeitura de Brumadinho, a primeira etapa compreende os trabalhos de expansão do sistema de esgoto, com a implantação das redes coletora e de interceptação. As obras integram o projeto de instalação da Estação de Tratamento de Esgoto. Sob responsabilidade da Copasa, o projeto inicial proposto pela empresa foi reprovado pela Prefeitura, que sugeriu um novo local para receber a Estação.
“Após estudos realizados conjuntamente pelas secretarias municipais de Meio Ambiente e de Planejamento, foi indicada uma área situada fora da zona urbana, com distância de mais de um quilômetro de núcleos populacionais para a construção da ETE”, diz a Prefeitura, sem informar onde é o local. A nova localização sugerida pela Prefeitura foi avaliada por uma equipe técnica da companhia, que trabalha na atualização do projeto. Apesar de a Prefeitura ter infirmado isso, o jornal apurou que, apesar de ter sido verificada uma área na entrada da cidade, nada ficou definido ainda. Mesmo depois que seja definido o local, ainda deve ser feito o processo de desapropriação do terreno.
Na Ação Civil Pública, o promotor pedia, em caráter liminar, que, em 180 dias, o município e a Copasa pedissem licença prévia para a construção da ETE, fizessem um estudo de impacto ambiental e apresentassem os imóveis onde serão instalados o sistema e as estações elevatórias.

Tratamento de odores

A Prefeitura informou ainda que a COPASA “também manteve o compromisso de incluir a implantação de um sistema de tratamento de odores no projeto de construção da ETE”. 
No dia 23 de outubro, o superintendente operacional da Copasa para a Região Metropolitana, Clébio Antônio Batista, esteve na Prefeitura, onde se reuniu com o Prefeito Brandão para apresentar um levantamento das obras previstas para a instalação da ETE no município.

Luta antiga

A COPASA recusa-se terminantemente a cumprir os compromissos firmados com o Município. É uma política do PSDB – partido ainda no Governo de Minas até 31 de dezembro deste ano - para a empresa, aplicada em todo estado. Aqui, a empresa não leva água para o interior e nem mesmo para bairros da sede e nem faz o tratamento do esgoto, apesar de cobrar caro por isso.
A luta contra a COPASA no Município é antiga. Desde o início de 2013, a Câmara de Vereadores tem travado uma luta contra a COPASA. Só de Audiências Públicas, foram três. Aconteceram várias outras reuniões em que a empresa tomasse as atitudes necessárias para resolver os problemas com o Município. Em março, o Vereador Reinaldo Fernandes (PT) levou a questão ao Ministério Público, solicitando a suspensão imediata do pagamento da Taxa. O MP acatou o pedido do vereador e ofereceu uma Ação Civil Pública. A justiça, através de uma medida liminar (temporária), obrigou a COPASA a parar de cobrar a Taxa e, pelo menos durante um mês, milhares de brumadinenses não pagaram, economizando um bom dinheiro. A Liminar da Justiça foi derrubada no Tribunal pela COPASA e mantida em Brumadinho pela Justiça daqui, pelo menos por enquanto. A Ação continua na Justiça.
Em outro momento, os vereadores oficiaram o Presidente da Empresa, Ricardo Simões, exigindo sua presença em Brumadinho para discutir os problemas. Mais uma vez a empresa não deu nenhuma resposta para os representantes do povo de Brumadinho. 
Em outubro, o vereador Reinaldo preparou um Projeto de Lei que foi apresentado na Câmara com a assinatura de todos os vereadores, sendo transformado em Lei Municipal. A Lei 2025/2013 proibiu a Copasa de cobrar a Taxa de Tratamento de Esgoto em Brumadinho. A empresa estava sujeita a multa de R$ 30 mil por dia caso não cumprisse a lei, quase R$ 1 milhão mensalmente, mas a Prefeitura não tomou nenhuma atitude contra a COPASA e ela continuou faturando o dinheiro do cidadão sem prestar o serviço. “Eu mesmo notifiquei o Ministério Público para que o MP tome as providências cabíveis quanto à COPASA”, informara o vereador do PT.

Edição 166 – Setembro
Cenas da Cidade
Fogo e Fumaça
Brumadinho viveu um final de setembro e início de outubro de muitas queimadas, fumaça e falta de chuva. Fotos abaixo mostram um pouco da paisagem desse período. 

Sujeira no Rela
Na edição passada, o jornal de fato publicou reclamação dos moradores do bairro “Rela” quanto ao monte de lixo no passeio da rua Irineu Lamournier, próximo ao número 40. Diante da reclamação, a Prefeitura foi lá e fez a limpeza, tanto do lado da rua quanto do lado da linha férrea. Dois dias depois, o mesmo lugar estava cheio de entulhos. Desse jeito, nenhuma prefeitura consegue manter a cidade limpa!



Edição 166 – Setembro
Dilma recebe resultado de plebiscito sobre reforma política 

Em seu primeiro discurso após ter sido reeleita presidenta do Brasil com 54.499.901 votos, a Presidenta Dilma Rousseff (PT), disse que uma de suas prioridades é a reforma política. O discurso da Presidenta mostrou sua sintonia com os movimentos sociais, responsáveis por sua reeleição.
No dia 13 de outubro, uma semana após o 1º turno, representantes de movimentos sociais se reuniram com a presidenta, no Palácio da Alvorada, em Brasília. O encontro formalizou a entrega, ao Poder Executivo, do resultado do plebiscito popular por uma constituinte exclusiva e soberana da reforma política, mesma proposta defendida pelo partido da Presidenta, o PT. Na ocasião, estiveram presentes centenas de militantes na porta da residência oficial, em um ato político. 
No dia 14 foi a vez de audiências oficiais de entrega do resultado na Câmara dos Deputados, no Senado Federal e no Supremo Tribunal Federal (STF).

Quase 8 milhões de votos

A campanha do Plebiscito Constituinte, que começou há mais de um ano, culminou com a coleta de votos ao longo da Semana da Pátria (1 a 7 de setembro). Foram contabilizados, ao todo, 7,7 milhões de votos, quase a população de Portugal. Desse total, 97% dos votantes (7,5 milhões) disseram sim à convocação de uma assembleia constituinte para promover a reforma política no país. A mobilização envolveu cerca de 100 mil pessoas e mais de dois mil comitês populares espalhados pelo país.
O encontro com Dilma foi parte da programação da 5ª Plenária Nacional da Campanha do Plebiscito Constituinte, cujo objetivo foi discutir os próximos passos da mobilização pela mudança no sistema político, garantindo a continuidade dos comitês e as ações políticas nos estados. 
A Plenária ocorreu em meio ao resultado das eleições que definiram nova composição para o Parlamento brasileiro (Câmara e Senado), no último dia 5. Mais uma vez, prevaleceu a influência do poder econômico, com metade das cadeiras na Câmara sendo ocupada por setores empresariais e um forte avanço de segmentos conservadores sobre a maioria das vagas.
Segundo informações do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), trata-se da composição mais conservadora do Congresso Nacional desde 1964, início da Ditadura Militar no País.
Com informações do MST – Movimento dos Sem Terra.

Edição 166 – Setembro
Só Rindo
Que Lado?
Marido: estou de saco cheio. Você fica de um lado da casa que eu fico com o outro.
Esposa: Ok. Você fica com o lado de fora.

Pôquer
- Abandonei meu marido quando o flagrei em um jogo de pôquer.
- Por quê? Ele tinha um ás na manga?
- Não, tinha uma dama no colo.

Adivinha
- Você sabe como salvar cinco advogados que estão se afogando?
-Não.
-Ótimo!

Advogado resolve cometer suicídio
Enterrado em dividas, aquele advogado resolve cometer um suicídio. Vai ao meio da rua, joga um litro de gasolina sobre o corpo e quando vai atear fogo, uma mulher o segura pelo braço.
- Não faça isso, não, seu moço. – diz ela, comovida com a dramática situação. Se o problema é dinheiro, a gente vai dar um jeito.
Ela pega uma sacolinha e começa a abordar os carros, pedindo auxílio. Vinte minutos depois, ela volta com a sacolinha quase cheia.
- Quanto você conseguiu? - pergunta o advogado, ansioso.
E ela:
- Não muita coisa. Uns quinze isqueiros e 6 caixas de fósforos.

Conto de Fadas
O melhor conto de fadas do mundo:
Era uma vez um rapaz que pediu a uma linda garota:
- Você quer casar comigo?
Ela respondeu:
- Não
E o rapaz viveu feliz para sempre, foi pescar, jogou futebol, conheceu muitas outras garotas, visitou muitos outros lugares, sempre estava sorrindo e de bom humor, nunca lhe faltava grana, bebia cerveja com os amigos sempre que estava com vontade.

Tranquilidade é tudo
Dois advogados, sócios de uma consultoria, estão almoçando, quando de repente um deles salta da cadeira e diz:
- Puxa vida, esquecemos de trancar o escritório!
- Não faz mal. - Responde o outro. –Estamos nós dois aqui!

Canibais
Dois canibais almoçando:
- Não aguento mais minha sogra!
- Então, come só a batatinha!

Um estranho no ninho
O marido chega em casa inesperadamente, entra no quarto e encontra um charuto no seu cinzeiro.
- De onde veio esse charuto? – Ele esbraveja para a esposa.
- Da Bahia! – Responde uma voz dentro do guarda roupas.

No tribunal
Em uma audiência o juiz pergunta ao réu:
- O senhor não trouxe seu advogado?
- Não meritíssimo! Eu não tenho advogado. Resolvi falar a verdade!

Da Redação: Agradecemos o nosso amigo e leitor, Lucy Firmino, que nos presenteou com mais de uma dezena de revistas de piadas, e turbinou nosso arquivo por muitos anos! Valeu, Lucy! (Ps.: isso é sério!)

Edição 166 – Setembro
Câmara Municipal terá 14 novos servidores
Sai resultado final do Concurso Público

A Câmara Municipal de Brumadinho divulgou o resultado final do seu Concurso Público. A divulgação foi feita em ordem de classificação, contemplando somente os candidatos classificados e excedentes, “depois de decorrido o prazo recursal e emitidos os respectivos pareceres”, conforme previa o Edital do Concurso. Veja abaixo a relação dos novos servidores “classificados”, ou seja, os que serão chamados para tomar posse. Os “excedentes” só tomam posse se os classificados desistirem dela. 
Passada essa fase do Concurso, ele segue para homologação pela Presidente da Câmara Municipal. Isso deve ser feito no prazo máximo de um mês. Em seguida, os 14 novos servidores devem ser convocados par tomar posse. Se algum deles desistir, ou por algum outro problema não puder ser empossado, será chamado o classificado seguinte. 



AGENTE ADMINISTRATIVO I
Clarissa Mansoldo Paes
Bruna Gonçalves Matos
Debora Ferreira Goes
Renato Mendes Saraiva
Ramona Michelle Flister Just
Felipe Tadeu Bicalho da Cunha

AGENTE CONDUTOR I
(motorista)
Paulo Sérgio Batista
Márdem Aurélio de Lemos
Rafael Rodrigo da Silva
Edgar Ribeiro de Paula

AGENTE DE SERVIÇOS I
Márcia Mainarte de Moura
Welinton Geraldo Maia 
Márcia Moraes do Carmo
Estela Rodrigues Moreira


Edição 166 – Setembro
Muito obrigado, brumadinenses!
PT de Brumadinho agradece
O Partido dos Trabalhadores de Brumadinho agradece aos milhares de cidadãos brumadinenses que confiaram as seus candidatos – presidenta, governador, senador, deputados federais e estaduais – o seu voto de confiança e esperança na construção de um País cada vez melhor. 
Agrademos a cada uma e a cada um dos 8.369 brumadinenses que votaram em nossa Presidenta Dilma Rousseff no 2ºturno (6.342 no 1º); a cada um e a cada uma das 8.484 pessoas que votaram em Pimentel, nosso governador; aos 4.086 votos para nosso candidato ao Senado, Josué Alencar. Agradecemos a cada um e a cada uma das 1.909 pessoas que votaram em nossos candidatos a deputados federais e as 1.997 que votaram em nossos estaduais.
Obrigado, brumadinenses, por este voto de confiança! Continuamos juntos, na luta para a construção de um Brasil e uma Minas Gerais com mais empregos com salários melhores, mais Educação, mais Saúde, mais democracia, mais combate à corrupção, mais combate à inflação, mais agricultura familiar, mais crédito e financiamento, mais Minha Casa, Minha Vida, mais recursos para nosso querido Município.
Obrigado, Brumadinho! Muito obrigado!

Edição 166 – Setembro
Espaço Poético

Estamos de volta com mais poesias do VI Concurso de Poesias do Jornal de fato, realizado no último ano, com participação de 36 poetas e quase setenta poesias. Nesta edição, continuamos a publicação das poesias da categoria Infantil, sempre por ordem alfabética dos poemas.
Trazemos “Passagem”, de Lorran Felipe Lopes Oliveira, pseudônimo “Logan Hollywood”. Lorran é da Escola Eloy Heraldo Lima, em Belo Horizonte. Tinha 11 anos na época do Concurso, estudava no 6º ano. Gosta de escrever e de estudar matemática. Tem muito amor pela família, ama a avó, que cuida muito dele. Acha sua mãe também muito importante e sonha ir para Hollywood.
Trazemos ainda “Poema de Natal” e “Saudade”, ambos de Brenda Stéfanyy Souza Santos, pseudônimo “Stéfanny”. Brenda mora no Bairro Jatobá IV, em Belo Horizonte, onde estuda, na Escola Eloy Heraldo Lima. Nasceu em 23 de setembro de 2001, estudava no 6º ano, gosta de escrever, mais do que estudar matemática. Gosta de contar histórias para as pessoas, é muito falante e fica até rouca, por isso.
Outro poema é “Poesia” é de Ketlen Rafaelly Cardoso Basílio, a “Morena”.
Trazemos ainda “Relógio”, de Leandro Rubens da Piedade Bispo, o “Meninoblack”. “Sentir Saudades”, é de Ellen Rodrigues Quaresma, a “Bella Feliz”; Ellen também é de BH, da Escola Eloy Heraldo Lima, em Belo Horizonte. Nasceu em 13 de novembro de 2000, gosta de escrever e de estudar matemática, ama muito a minha família e a avó. É muito feliz!
Terminamos com “Sorvete”, de Geovanna Eduarda de Araújo Melo, a “Rainha”
Geovanna Eduarda de Araújo Melo tinha sete anos na época do Concurso, e também gosta muito de estudar e de escrever poesias.

Vamos aos poemas.

Passagem
Autor: Lorran Felipe Lopes Oliveira
Pseudônimo: Logan Hollywood

Passei pelo fogo
e não me queimei.
Passei pela água
e não me afoguei.

Passei por você
e me apaixonei.

Poema de Natal
Autora: Brenda Stéfanyy Souza Santos
Pseudônimo: Stéfanny

Hoje é Natal
Dia de alegria
E harmonia.

Todo dia.

Hoje é Natal.
Amanhã...
Ano Novo.

Cada dia
vai ser uma alegria
de novo.

Hoje é Natal.

Papai Noel
Já vem.
Dá meu presente,
para eu ficar bem!

Mamãe e irmãozinhos,
para nós
são um tanto de
presentinhos.

Saudade
Autora: Brenda Stéfanyy Souza Santos
Pseudônimo: Stéfanny

Quando vem a saudade
O tempo volta atrás...
O amor... Vem à realidade...
Não esquecerei jamais!

Quando a saudade vem
Tudo faz lembrar
Todo amor que eu sonhei,
E tudo volta num piscar.

Toda a lágrima
Que por você eu chorei
Não foi em vão
Agora eu sei.

Todo amor que eu senti
Por você, não foi em vão.
Com você aprendi
a escutar meu coração.

Quando vem a saudade
Agora eu sei que nunca esquecerei
O quanto te amei de verdade
Um amor que sempre levarei
Para toda eternidade.

Poesia
Autora: Ketlen Rafaelly Cardoso Basílio
Pseudônimo: Morena

Lá em cima
Daquele prédio
Eu quero morar.

Eu quero morar
Lá em cima
Porque fica
Mais perto do céu
E dá para ver
As estrelas,
A lua.

Lá é muito bonito,
É muito bonito
O condomínio.
Lá é muito grande
E legal.

 Muito feliz eu serei
Se eu morar lá.
Ia ser muito elegante
E eu serei muito feliz.

Relógio
Autor: Leandro Rubens da Piedade Bispo
Pseudônimo: Meninoblack

O meu relógio é bonito!
“Tá” falando comigo,
Eu sou demais!

Você tem mais
relógios?

ÔÔÔ
Quem falou que é feio?
Se olha no espelho!

Sentir alegria
Autora: Ellen Rodrigues Quaresma
Pseudônimo: Bella feliz

Sentir alegria
é viver em paz
é jogar a tristeza
para trás.

Sentir alegria
é viver em harmonia,
é viver em um jardim
todo dia.

Sentir alegria
é pegar um a flor
e segurá-la com amor.

Se você se sente
contente
com tudo que eu disse
até aqui,
só posso dizer
que continue  a viver
assim.

Sorvete
Autora: Geovanna Eduarda de Araújo Melo
Pseudônimo: Rainha

A minha mãe me deu
um sorvete.
E aí eu me furei
com um alfinete.

o meu sorvete derreteu.
E aí o alfinete se perdeu
pelo caminho.
E aí eu fiquei chateada
demais.

Edição 166 – Setembro
Opinião
Rodrigo Facchinetti

Hoje faz 15 anos que minha mãe faleceu. Ela passou metade de sua vida dentro de um hospital publico cuidando de negro e de pobre.
Porém, a coisa mais importante que ela fez na vida foi em prol do coxinha branco rico e reaça que esteve na avenida paulista hoje.
Ela esteve nos porões da ditadura, perdeu noites de sono pelo resto da vida, perdeu saúde, perdeu dignidade, perdeu sonhos. Perdeu a sua juventude para poder garantir a um filhadaputa imbecil ir pra rua pedir a intervenção militar no país.
Tá pedindo impeachment do que seu merda?
Só existe impeachment pq a minha mãe e a mãe de um monte de gente foi estuprada para poder existir um presidente eleito por voto direto. E agora você me vem com esse papo de intervenção militar?
Agradeça a todos que estiveram no porão d ditadura, inclusive a presidenta Dilma. Pq sem eles, hoje você não estaria ai na paulista vomitando todo o seu catupiry reacionário e ignorante.
Não consigo escrever isso sem um nó na garganta e o olhos cheios d'agua. Imaginar que a luta de uma vida, de uma geração, é tratada desta maneira por um bando de idiota que prefere ir para Disney do que pegar num livro de historia.
Não quer ler o livro de historia? Usa a porra do google, uma googada só e você verá. Não ha nada de bom que se salve de um país militarizado. Sabe o que acontecia com quem ia pro MASP fazer passeata em 1968? Não, não ganhava um mocha no starbucks, apanhava, sofria, era estuprado, morto.
É impressionante que tanta gente teve que sofrer na mão de milico para hoje um idiota falar um monte de bosta no facebook, pedindo a volta dos milico para tirar uma presidenta só pq ela não era o seu candidato. Se isso não é burrice elevado a mol, é no minimo infantilidade.

Sabe o que ia acontecer assim q um milico tomasse o poder? Iria calar a merda da tua boca.