Busque em todo o blog do Jornal de fato

Entre em contato conosco: defatojornal@gmail.com / 99209-9899

sábado, 11 de abril de 2015

Edição 172 – Março 2015

Tentar. Até conseguir.

Dizem que a fé remove montanhas. É verdade! Ninguém chega a lugar algum senão pela fé. Não que sejamos Moisés, assim, tipo batendo o cajado para abrir o mar. Mas quem espera [acontecer], quem deseja luta. Até conseguir. Sempre foi assim! Foi assim que Graham Bell, depois de mil tentativas (sim, 1.000, conforme a lenda), conseguiu inventar o telefone (que hoje virou celular, microcomputador, câmera, gravador, filmadora etc etc etc) enquanto Elisha Gray desanimou e parou no meio do caminho. Mandela esteve 27 anos na prisão, saiu, tornou-se presidente da África do Sul. Lula tentou ser presidente em 1989, 1994, 1998, e só o conseguiu em 2002.
Não havia vacina para sarampo. Foi criada! Não havia tratamento para os diversos tipos de câncer. Existe! Não há cura pra AIDs. Haverá! Os cientistas não param de trabalhar! E de ter esperança!
Quer ser médico? Você vai conseguir! Se estudar, se lutar, se não desistir, se não trocar seu sonho por um “sonho” mais fácil com medo da concorrência. 
Quer sair de uma situação difícil? Não entregue os pontos, não desista, até conseguir! Mantenha viva a chama da esperança. E trabalhe! Porque “a fé sem obras é morta!”
É isso! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário