Busque em todo o blog do Jornal de fato

Entre em contato conosco: defatojornal@gmail.com / 99209-9899

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Edição 185 – Abril 2016







Não derrame lágrimas por qualquer coisa

Minha mãe - que Deus a tenha! - me ensinou a guardar as lágrimas para quando eu tivesse um bom motivo. Sempre que me via, criança chorando, me falava isso. Sábias palavras de D. Efigênia. É o que tento ensinar para meus filhos. Há bons e grandes motivos pra que choremos, é verdade. Um câncer, uma AIDS, a perda de um filho ou de outro parente muito próximo, um Golpe de Estado, a morte de um refugiado são bons exemplos. Mas não dá para ficar chorando o tempo todo e por qualquer coisa. Vale a chateação, vale um pouco de tristeza, vale, sim. Porém, guardemos nossas lágrimas para quando houver um bom motivo: uma cena da novela, um ato de bondade, uma foto, um fato que nos emociona, uma peça de teatro.
É isso!      

Nenhum comentário:

Postar um comentário