Busque em todo o blog do Jornal de fato

Entre em contato conosco: defatojornal@gmail.com / 99209-9899

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Edição 188 – Julho 2016 Editorial

"16 de agosto de 2016: data a partir da qual será permitida a propaganda eleitoral (Lei nº 9.504/1997, art. 36)". É o que diz a lei. Mas a sentença que traduziria melhor o sentimento de grande parte da população é: "vai começar tudo de novo...".
Não é justo julgar com muita severidade o povo brasileiro por estar, de uma forma geral, desanimado com a política: tem coisa que se vê que realmente é de se cansar. É cansativo assistir políticos comprovadamente corruptos continuarem impunes, é cansativo assistir a hipocrisia, a baixaria, o desrespeito à democracia. Mas esse cansaço não pode embaçar a sua visão, leitor, ao ponto de te fazer esquecer de que, nessa novela, o seu personagem importa. Você é, na verdade, o protagonista.
O voto ainda é seu. O poder de decidir ainda é seu (mesmo que tenha gente por aí conspirando para que não seja mais assim). Todo mundo tá cansado desse cenário, todo mundo quer ver coisa diferente. Portanto, não se esqueça do óbvio: você é o agente dessa mudança. Nesse período eleitoral, faça das pesquisas na internet suas armas e você perceberá que, tem, sim, como ficar pior, mas também tem como ficar melhor.
E é combinando com essa vontade de renovar que o de fato está de cara nova: a editoria decidiu que, nos próximos meses, esta graduanda de Jornalismo que vos fala será a principal responsável pelo jornal, enquanto o até então editor-chefe Reinaldo Fernandes estará afastado, em campanha eleitoral para concorrer à prefeitura da cidade.
Nessa edição, o de fato conta com BLA BLABLA
Larissa Fernandes

Edição 188 – Julho 2016 Eleições 2016 REINALDO FERNANDES, PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO

Em entrevista concedida ao de fato, o pré-candidato a prefeito fala de Saúde, geração de emprego e renda, segurança e outras propostas para governar Brumadinho.

Dono de um currículo invejável, Reinaldo Fernandes, 53 anos, casado com Jane Alves, pai de dois filhos, foi vereador de 2001 a 2004, assumiu ainda em 2005, 2006 e 2008, e voltou à Câmara depois das eleições de 2012, quando tornou-se o petista mais bem votado na história do PT de Brumadinho. 
De origem pobre, venceu na vida pela via da Educação. Com uma trajetória marcada pela militância política, foi o primeiro candidato a prefeito pelo PT, quando tinha apenas 24 anos de idade. Contribuiu para a cassação de dois antigos prefeitos da cidade, envolvidos em corrupção, prática que combate há anos.
Reinaldo do PT, como é conhecido, é professor de educação básica e universitária, Especialista e Mestre em Linguística. Militante da Igreja Católica, atuou em curso de Crisma e da Pastoral da Juventude da Arquidiocese de BH; cursou Teologia Popular, foi membro de Diretório Acadêmico da PUC-MG; Presidente do SINDADOS-MG e Diretor da Federação Nacional dos Trabalhadores em Informática; Assessor Político do Movimento dos Sem Casa de Brumadinho por 10 anos, membro de Colegiado e Coordenador Pedagógico de escola em BH, é, ainda, autor de dois livros, de poesias e de crônicas. Recentemente foi premiado em concursos nacionais, de poesias e de crônicas.
Na Câmara, Reinaldo destacou-se como Coordenador do Grupo Pró Plano Diretor, e no trabalho de fiscalização. Na atual legislatura, o trabalho de Reinaldo Fernandes tem se destacado pela luta contra os privilégios dos políticos e prioridade para as questões que atingem o conjunto da população.
Em 2010 e 2011 destacou-se pela luta contra o aumento abusivo do IPTU, que chegou a 2000%. Depois que assumiu a vereança, com sua colaboração, os valores do IPTU caíram mais da metade e milhares de pessoas foram isentas de pagamento desse imposto. Em 2013,  2014 e 2015, Reinaldo Fernandes lutou contra a Taxa de Esgoto da COPASA: foi através de uma representação feita pelo Vereador Reinaldo ao MP que a Justiça determinou a suspensão da Taxa, o que beneficiou 100% das famílias de Brumadinho, decisão derrubada pelo TJMG.
Em 2014, Projeto de Lei de Reinaldo extinguiu a Taxa de Lixo (Lei 87/14), o que também beneficiou 100% dos brumadinenses. Entre as leis propostas por Reinaldo e aprovadas estão a que institui reuniões públicas das Secretarias Municipais; a que proibiu a cobrança da Taxa de Esgoto pela COPASA; a que criou o Prêmio Cidadão Brumadinense Sustentável; a que garante ao trabalhador doente sua lotação; a que obriga as agências bancárias de Brumadinho a disponibilizar guarda-volumes; e a LEI Nº 2.166/2015, que obriga as agências bancárias em atividade no Município a disponibilizarem dois caixas convencionais durante o período de funcionamento; a que obriga a Prefeitura e a Câmara a publicarem os termos aditivos de contratos em inteiro teor no DOM.
Duas marcas muito importantes do Mandato do pré-candidato a prefeito Vereador Reinaldo Fernandes são a Transparência e a Participação Popular. Durante seu mandato Reinaldo promoveu várias reuniões públicas e sempre deu transparência a seus atos. Seus blogs já tiveram mais de 20.000 acessos.
O pré-candidato a prefeito disse ao DE FATO que boa parte das propostas de seu Programa de Governo foram colhidas no Seminário NOVAS IDEIAS PARA UMA BRUMADINHO NOVA, realizado em 2015 e que reuniu dezenas de pessoas.
Em sua luta contra os privilégios para os políticos, Reinaldo vai terminar o mandato deixando de usar e devolvendo em torno de R$ 150.000,00 aos cofres do Município, além de ter proposto a redução dos salários de vereadores e prefeito e ter se recusado a receber uma série de regalias na Câmara.
Nesta entrevista ao DE FATO, o pré-candidato a prefeito Reinaldo Fernandes fala de suas propostas para Brumadinho. Acompanhe!

de fato: O Sr. recebeu inúmeros convites para se juntar com praticamente todos os outros pré-candidatos. Por que o Sr. não aceitou e lançou sua pré-candidatura a prefeito?

REINALDO FERNANDES: O PT de Brumadinho decidiu que deveria lançar sua candidatura própria porque avalia que os outros pré-candidatos fazem parte dos mesmos grupos políticos de sempre, trazem consigo o mesmo jeito antigo e viciado de fazer política, que tem significado um atraso para Brumadinho. Por outro lado, comecei de baixo - como o povo diz -, sendo vereador, acumulei muita experiência e conhecimento sobre nosso Município, conheço seus problemas, sempre morei aqui, nunca me afastei, tenho boas propostas para resolver os problemas de Brumadinho. Acredito que posso fazer diferente e muito melhor do que tem sido feito.   

de fato: O que o Sr. acha que precisa ser feito em Brumadinho?   
REINALDO FERNANDES: Brumadinho merece, e faremos uma administração que governe com a participação direta da população. Colocar Brumadinho no século XXI. É isso que tem que ser feito! Vamos começar acabando com a roubalheira. Nada de enriquecer nossa família e nossos amigos! Mas isso não basta: vamos dar agilidade à Prefeitura: formar equipe de governo com profissionais competentes e qualificados, estabelecer metas para secretários e servidores e cobrar resultados. É isso que tem que ser feito!
Nossa gente merece e vamos trabalhar muito para desenvolver o município, para trazer recursos e projetos do exterior, dos governos federal e do nosso governador Pimentel, como temos feito, mesmo sendo apenas vereador. Vamos cuidar da Saúde e promover o desenvolvimento da agricultura, da pecuária, do turismo. E de outras atividades econômicas locais. Vamos fazer uma Administração que governe para todos. Nossa população merece mudança, mas tem que ser para melhor, com uma pessoa diferente dos mesmos grupos de sempre. Eu estou pronto para fazer a mudança que Brumadinho merece.

de fato: O que o Sr. acha que a população espera do novo Prefeito?
REINALDO FERNANDES: O que a população mais espera do novo prefeito é a honestidade! A população não quer duas coisas: não quer nem a corrupção e o autoritarismo anteriores, nem a atual paradeza. A população espera uma cidade com mais obras, que cuide mais da Saúde, com geração de empregos, com segurança, trânsito que funcione. Creio que a população espera algo diferente do que já passou pela Prefeitura.
Nesse sentido, Brumadinho precisa ter um prefeito que cuide do dinheiro público, não use a política para enriquecer ou enriquecer os amigos.
Um exemplo é o que fiz neste meu mandato de vereador: estou devolvendo 150 mil reais, que poderia ter gastado, usado para fazer politicagem mas não fiz porque não acho correto, porque acho que os políticos devem dar o exemplo, mostrar que é possível ter um cargo político e ser honesto ao mesmo tempo, não ficar se sentindo melhor do que a população, se beneficiando de privilégios que a população não tem. Na Prefeitura, vou combater implacavelmente a roubalheira, obras e serviços superfaturados, horas extras ilegais, gente que recebe sem trabalhar na prefeitura, e todo desvio de dinheiro.
O Prefeito tem que governar para toda a cidade. Enquanto vereador procurei desenvolver uma política que fosse para todos, como os Projetos de Lei que reduziram o IPTU, o fim da Taxa de Esgoto, o fim da Taxa de Lixo.

de fato: O Sr. falou em agilidade...
REINALDO FERNANDES: Brumadinho precisa de um prefeito capaz de determinar metas e cobrar resultados, que seja capaz de colocar um secretário e exigir resultados para a população, valorizar os servidores e apresentar trabalho bem feito e rápido. Somos um dos municípios mais ricos da Região Metropolitana, o 42º PIB de Minas, de 853, em torno de 180 milhões por ano de receita na Prefeitura! Esse dinheiro precisa aparecer, ser dividido honestamente com todos, não com a família ou amigos.

de fato: O que a candidatura do Sr. representa?
REINALDO FERNANDES: Minha candidatura se propõe a isto: fazer o que tem que ser feito, rapidamente, cuidar com respeito e principalmente com carinho das pessoas, e sem roubar um centavo sequer.

de fato: Mas qual é a diferença em relação a outras candidaturas que estão se colocando?
REINALDO FERNANDES: Durante as campanhas eleitorais, todo candidato procura falar bonito, usar palavras bonitas. Alguns candidatos tem até usado minhas propostas, que tenho divulgado há quase 4 meses. O eleitor tem que olhar o passado de cada um. Eu nasci em Brumadinho, moro aqui desde sempre, nunca me afastei daqui, nunca. O que falo, eu cumpro: fiz minha campanha de vereador defendendo um IPTU mais baixo: meu mandato se preocupou muito com essa questão, conversei muito com a Prefeitura, e, mesmo, são sendo o Prefeito, ajudei a reduzir o IPTU pela metade. Eu diria que a minha história política é o meu maior cabo eleitoral, nunca me envolvi em corrupção, não enriqueci, nem eu nem minha família ou amigos, com dinheiro de prefeitura ou câmara. Na câmara sempre lutei pelo respeito ao dinheiro da população, quem me conhece sabe se sou honesto ou se sou ladrão.
Tenho lutado pelas pessoas de Brumadinho, esse Município que eu amo, conheço seus problemas. Como vereador tenho trabalhado para resolver todos eles, e tenho propostas para resolvê-los.

de fato: E quais seriam esses problemas?
REINALDO FERNANDES: São muitos, principalmente na área de saúde, a falta de empregos e segurança. Brumadinho precisa de um prefeito disposto a trabalhar, a pensar no presente e no futuro.
A saúde precisa ser tratada com muito cuidado e carinho: nomear como Secretária de Saúde alguém que seja profissional da área; priorizar o tratamento preventivo e buscar agilidade para as consultas especializadas; impedir a intervenção político-partidária nas ações em saúde; planejar as ações com avaliação de resultados; valorizar os profissionais; buscar a implantação do SAMU; planejamento prévio aos feriados na UPA, aumentando o número de profissionais.
Na Segurança, vou melhorar a iluminação pública com instalação de 1.000 postes de energia solar; fiscalizar e acompanhar as atividades do Consórcio de Iluminação Pública; programa de Segurança Aérea Via Drones, guarda municipal, rede protegida de vizinhos, olho vivo, reativação dos CONSEP’s; procurar junto ao governo de Pimentel o aumento do efetivo da Polícia; estudar a implantação de consórcio de segurança pública, com municípios limítrofes à Brumadinho; criar e implementar o Fundo Municipal de Segurança Pública; implantar pontos de apoio à polícia militar na zona rural; combater o tráfico de drogas; desenvolver políticas para a juventude como forma de combate à entrada no mundo das drogas etc
Outro problema é o tamanho enorme do Município, a falta de uma boa ligação entre a sede e os distritos e o consequente descaso com o nosso interior. Então vamos fazer a chamada inversão de prioridades, fazer primeiro do que é mais necessário, cuidar das pessoas do nosso interior, tão abandonadas por todas as administrações anteriores.

de fato: Para o interior, o que o Sr. propõe?
REINALDO FERNANDES: Tratar o problema da falta de água como prioridade: sentar com o governo de Pimentel, do nosso Partido, cobrar da COPASA que cumpra o contato que é levar água para 100% do Município. Enquanto isso, vou fazer investimentos em sistemas temporários eficientes; proteger os mananciais, como a Mãe D´Agua, na encosta da Serra da Moeda. Melhorar as estradas, e dar a manutenção necessária e contínua para os distritos e povoados; fomentar a agricultura familiar, fazendo novos investimentos. E vou implantar pelo menos duas administrações regionais, em Aranha e Casa Branca, para colocar a prefeitura mais próxima do cidadão do interior.

de fato: O minério vai acabar um dia... o que o Sr. pensa sobre isso? Qual sua proposta?
REINALDO FERNANDES: Atualmente nossa maior renda vem do minério, mas ela já está acabando. E precisamos de dinheiro para investir em Saúde, em geração de emprego e renda. Temos que ter outras matrizes econômicas. Uma é o turismo; outra, a agropecuária. Nós propomos investimentos diretos com 12 milhões anuais em turismo e produção artística, agrofloresta, tecnologia, artesanato e design e biogás. Vou criar o Fundo Municipal de Apoio à Geração de Trabalho e Renda. A prefeitura vai disponibilizar até 400 mil reais para pessoas e entidades investirem, criar empregos. As pessoas precisam ter oportunidades para melhorem suas vidas. Dar oportunidades é cuidar das pessoas.
Temos que parar com o discurso vazio sobre o turismo, fazer discussão permanente, ter um pensamento prioritário e constante da Administração, tem que ter gente na Secretaria de Turismo que entenda de Turismo, e uma aliança muito forte com a sociedade civil, com a rede de empresários, para debatermos, buscarmos as saídas conjuntamente, com a Prefeitura entrando com a infraestrutura, fomentado a atividade, preservando nossas belezas naturais, cuidando das estradas, criando novos acessos, sinalizando o Município, criando portais, fazendo a propaganda fora de Brumadinho, revitalizando áreas centrais. Investir também no Turismo Cultural etc.
Outro setor importante de nossa economia e que vamos fomentar, fazendo uma ligação com o Turismo também, é a agropecuária, em especial a agricultura familiar: hoje há um trabalho bacana, vamos melhorar, fazer investimentos, melhorar as estradas, se preocupar cada vez mais com as questões técnicas, a agregação de valor e venda dos produtos.

de fato: Como o Sr. pretende administrar a cidade?
REINALDO FERNANDES: Temos um povo trabalhador, de luta, que gera riquezas, portanto merece ser respeitado pelo Prefeito, que não pode tratar ninguém com autoritarismo, com perseguições, não pode abandonar as pessoas. Respeitar as pessoas quer dizer escutá-las atentamente. Ou seja, participação popular será central no nosso governo. Por isso, eleito prefeito, vou implantar o Orçamento Participativo; cumprir o que a população decidir na LDO; criar um espaço na internet para as pessoas poderem falar, criticar o governo, sugerir rumos; criar a Ouvidoria Municipal e o Conselho Municipal de Acompanhamento do Governo, com pessoas da sociedade para avaliar o governo, dar opiniões, ajudar a gente a governar da melhor maneira possível.

de fato: O Sr. falou que a receita anual da prefeitura é em torno de 180 milhões. O Sr. acha isso suficiente?
REINALDO FERNANDES: Claro que não. O que eu disse que é muito dinheiro para o pouco que temos visto em obras e serviços. Mas pretendo aumentar essa receita do Município.

de fato: O que o Sr. fará?
REINALDO FERNANDES: Para aumentar a renda do município, farei duas coisas: Uma delas é a parar a roubalheira, combater implacavelmente a corrupção e fazer economia, gastar de forma apropriada o dinheiro da população. Uma forma é de economizar é com as dezenas e dezenas de aluguéis: vou construir a sede própria da prefeitura, por exemplo. Outra saída é aumentar o que recebemos em ICMS Cultural e Turístico; patrocinar a geração de emprego e renda, que gera impostos para a Prefeitura; buscar recursos estaduais, federais, internacionais e privados, é isso que vou fazer. Vou criar uma Comissão Permanente na Prefeitura só para se preocupar com isso: buscar recursos, fazer projetos para captar recursos. 

de fato: Temos problemas sérios com o trânsito. O que o Sr. pensa sobre isso? 
REINALDO FERNANDES: A Prefeitura tem que agir com profissionalismo. Precisamos de equipe técnica para cuidar do trânsito, é o que vou fazer. Outra coisa importantíssima é a educação: temos que refletir sobre essa questão, usar menos o carro, mais bicicletas, pensar a cidade para além da área central. Temos que pensar a cidade também do ponto de vista do pedestre, que é o mais frágil. E buscar novos corredores de tráfego. Como prefeito, vou continuar a luta que tenho travado junto ao Governo Pimentel, que é do meu partido, para a construção de uma Nova Ponte sobre o Rio Paraopeba; terminar o asfalto da estrada da Conquistinha até a BR 381; fazer o asfaltamento para Casa Branca e Moeda.
No transporte coletivo, vamos testar alternativas como ônibus elétrico, movido a biogás e de energia solar, viável e mais barato. Vamos trabalhar com a ideia de viagens gratuitas também, especialmente para atender nosso interior.

de fato: Vamos fazer uma sessão “ping-pong”: fale-nos rapidamente, em poucas palavras, sobre algumas propostas que o Sr. vai implementar em Brumadinho. Vou dizer a área e o Sr. diz algumas propostas:

de fato: Meio Ambiente
REINALDO FERNANDES: Implantar o Programa “Água em Casa”, para levar água e saneamento básico para todas as localidades do Município; proteger nossas águas, como o Monumento Natural da Mãe d'Água, com manutenção do Decreto 59/2013; impedir que empreendimentos tragam danos hídricos ao Município; ampliar o Sistema de Áreas Protegidas e incentivar a criação de outras; Criar benefícios fiscais e programas de incentivo para o uso privado de energias renováveis; captação de energia solar e de água das chuvas nos prédios públicos; implantar o programa de energias renováveis com incentivos fiscais para a população; cuidar das áreas verdes para toda a população.

de fato: Moradia.
REINALDO FERNANDES: Vou construir no mínimo 300 casas; criar o banco de materiais de construção para as famílias mais pobres.

de fato: Educação.
REINALDO FERNANDES: Incentivar e investir em projeto educacional que amplie a participação popular da comunidade; respeitar a Lei do Piso Salarial; investir em capacitação; fornecer vale-cultura aos profissionais da Educação; investir na infraestrutura das escolas; criar creches (umeis) nas sedes dos distritos; construir bibliotecas, cinematecas e webtecas municipais na sede e nos distritos com livre acesso para a população; wifi nas praças, escolas e pontos de ônibus.

de fato: Cultura.
REINALDO FERNANDES: Apoiar os artistas locais, regulamentando e implementando a “Lei dos 50%”; alocar recursos no Fundo Municipal de Cultura e publicar Editais Públicos para que as bandas e artistas locais possam apresentar projetos e receber recursos públicos para realizá-los; criar e implementar a Lei de Incentivo à Cultura; aumentar o valor das contratações dos artistas locais; construir o Teatro Municipal e espaços culturais nos distritos e povoados;


de fato: Como o senhor pretende ganhar as eleições municipais?
REINALDO FERNANDES: Vamos ganhar as eleições mostrando e discutindo nossas propostas com a sociedade brumadinense. Nós temos propostas e sabemos que a população quer mudar, mas é para melhor. Nós não vamos fazer fofoca, distribuir cartas anônimas, destruir propaganda dos outros, inventar boatos, espalhar o ódio, fazer futricas. Acreditamos que o eleitor é inteligente e saberá perceber quem é honesto, tem a ficha limpa, tem as melhores propostas e quer uma Brumadinho melhor para todos e não apenas para o prefeito e seus amigos.

de fato: Qual a mensagem final que o Senhor gostaria de deixar para a população? 

REINALDO FERNANDES: Tenho muita vontade de trabalhar pelo Município. O que eu peço aos eleitores é uma chance de mostrar que podemos melhorar muito a vida da população. Quero trabalhar para que a gente tenha mais saúde, empregos, mais renda. Quero cuidar com carinho de todas as pessoas, da sede e do interior, sem perseguição, com democracia. Quero trabalhar para que a gente resgate e valorize nossas vocações econômicas e culturais, quero ajudar os jovens a ter uma vida de mais esperança, mais saudável, investir no esporte e no lazer. O meu sonho é tornar Brumadinho um lugar melhor, mais bonito, mais bem cuidado, onde as pessoas se sintam bem, onde elas possam ter orgulho do prefeito que tem. Por tudo isso, peço o apoio de cada um dos leitores deste jornal. Juntos, poderemos construir um Município muito melhor, porque, a gente é dierente. E vamos fazer diferente!  

Edição 188 – Julho 2016 Brumadinho é beneficiado novamente pelo Governo Pimentel

Kit de materiais esportivos contempla Juventude, crianças e adolescentes; Agricultores Familiares e APAE já foram contemplados; Município ainda pode receber Biblioteca Pública

Brumadinho foi novamente contemplado pela administração do Governador Fernando Pimentel (PT). Agora o Município recebeu um kit de materiais esportivos, incluindo jogo de camisa, jogos de colete; bolas de campo, de futsal, de voleibol; redes de vôlei; e troféus. O kit de materiais esportivos foi entregue à Secretaria de Esportes, Lazer e Eventos nesta segunda-feira, 1º de agosto.

Agricultores familiares também foram contemplados

Anteriormente já tinham sido contemplados os Agricultores Familiares de Brumadinho. Eles foram contemplados com o Kit da Agricultura Familiar. O Kit para os feirantes da Agricultura Familiar chegou por 10 barracas, 20 jalecos, 60 caixas plásticas, balanças de pesagem e lixeiras. O kit contribuirá para o projeto de agricultura familiar que vem sendo implementado em Brumadinho, incluindo a “Feirinha”, que funciona aos sábados e, agora, também às quartas feiras, uma vez por mês.
O Kit da Agricultura Familiar foi entregue pelo governo Fernando Pimentel, do PT, no dia 30 de junho. Participaram da cerimônia de entrega do kit o Secretário de Agricultura, José de Figueiredo Ném Neto, o Zezé do Picolé; e Valéria Carneiro, responsável pelo setor de Agricultura Familiar em Brumadinho. Os dois, que providenciaram rapidamente toda a documentação, foram acompanhados na Cidade Administrativa pelo deputado Rogério Correia (PT).  
“O minério de Brumadinho já está acabando. Temos que ter outras matrizes econômicas. Uma é o turismo; a outra, a agricultura. Precisamos fomentar a agricultura familiar. Hoje há um trabalho bacana sendo desenvolvido. Precisamos melhorá-lo, fazer novos investimentos, melhorar as estradas, se preocupar cada vez mais com as questões técnicas, a venda dos produtos, agregar valor aos produtos”, defende o vereador Reinaldo Fernandes

R$ 30.000 para a APAE
Recentemente o vereador Reinaldo Fernandes recebeu mensagem do Presidente da APAE-Brumadinho agradecendo-o pela ajuda que ele deu à entidade. “Graças a Deus e sua generosidade, estamos recebendo os equipamentos do convênio firmado na SEGOV [Secretaria de Estado do Governo Pimentel”.
A APAE foi contemplada com R$ 30.000 (trinta mil reais).


Brumadinho pode ser contemplado ainda com uma Biblioteca Pública para a área rural do Município. As informações sobre o edital aberto pelo Governo Pimentel (PT) foram pelo Vereador Reinaldo Fernandes (PT) à Secretária de Educação. O Edital trata de criação de bibliotecas em cidades mineiras. No caso de Brumadinho, Reinaldo e a Secretária Neide Lima discutiram a ideia de implantá-la em Casa Branca caso o Município seja contemplado. Serão escolhidos cinco municípios. Cada um dos municípios escolhidos receberá o equivalente a R$ 50 mil em acervo de, no mínimo, mil itens, entre livros em impressão comum e Braille, periódicos, CDs, DVDs, audiolivros, estantes e carrinhos de transporte de livros. Brumadinho precisa enviar uma proposta para concorrer ao benefício.


Boa relação com o Governo Pimentel (PT)

Todos os benefícios listados acima foram conquistados para o Município com a intermediação do Vereador e pré-candidato a prefeito pelo PT, Reinaldo Fernandes. “O fato de o governador ser do meu partido ajuda muito, facilita as coisas e a vinda de benefícios”, disse o pré-candidato a prefeito pelo PT. “Mantenho uma parceria muito importante com o deputado Rogério Correia (PT). É através de seu gabinete que a gente recebe as informações e faz todos esses pedidos de benefícios ao Governo de Fernando Pimentel para nosso Município”, explica Fernandes.
“Tenho que agradecer também aos secretários municipais Zezé do Picolé, Reginaldo Missias, Neide Lima, ao Bruno Campos (Departamento de Esportes), Valéria Carneiro (Agricultura familiar) que ajudaram com a documentação. Sem ela, os brumadinenses não seriam beneficiados”, completa o pré-candidato a prefeito.     
“Fico muito feliz em poder ajudar, em ter conseguido todos esses benefícios. Colaborar com os feirantes, que estavam precisando muito, principalmente das novas barracas; colaborar com o pessoal da APAE, que enfrenta tantas dificuldades para atender a tantas crianças; o material para a juventude ficar no caminho certo do esporte, tudo isso me alegra muito”, conclui Reinaldo Fernandes.


Edição 188 – Julho 2016 Social Nivers de agosto

18- Ninart Carmo

19- Marcos – Kito; Maria José Neta; Vânia Patrícia, a Vaninha; Bárbara Las-casas
19- Lucas Machado
21- Francisco Diniz; Valéria Rita; Essi Nunes
23-Marília (Farmácia São Geraldo); Márcio Leal (Secretaria de Turismo); Sandra Daniele;
24- Marilene Maciel;
26- Suely Santana Amorim
27- Izaclan Cristina
28- Carine Damasceno
29- Ana Lúcia Pereira. Alenice Morais; Marilda Brígida Leijoto;
30- Adriana Dias; Ane Rose Amaral Souza
31- Adonizeti Silva

Nivers de setembro

1- Luzia Souza Maciel; Silvânia Ferreira e Laura Parreiras

2- Solanger França; Paollyene Rodrigues e 
Bia Costa

Vida longuíssima a cada uma e a cada um! São nossos desejos! 

Quem se uniu em matrimônio foram  Débora Rezende & Rafael Pinheiro, na tarde do dia 30. A cerimônia aconteceu no sítio do Paulinho da CEMIG e teve direito a hino do Cruzeiro pro Rafael e do Galo, antes da entrada da Débora. Felicidades ao casal!
Love Is In The Air” 







Edição 188 – Julho 2016 Rua Rio Manso, no Progresso II, tem obra finalizada Rua Açucena é patrolada

A Prefeitura de Brumadinho, através de sua Secretaria de Obras, solucionou o problema da Rua Rio Manso, no nº 170, no bairro Progresso II. A rua estava desmoronando, e corria o risco de se transformar num enorme buraco no lugar de uma via. Além disso, os moradores da casa sofriam com a situação: bastava chover para as águas e a lama entrarem casa adentro, já que a moradia fica logo abaixo da rua.
A Prefeitura precisava fazer um murro de arrimo para conter o desmoronamento, o que foi feito. “Fiquei feliz em saber que a Prefeitura agiu para resolver esse problema, sem muita demora”, disse o Vereador Reinaldo Fernandes (PT), que tinha encaminhado pedido de solução à Secretaria de Obras.
O bairro Progresso II, também chamado de Mutirão, conta com aproximadamente 200 moradias. É fruto de uma luta de 10 anos do Movimento dos Sem Casa de Brumadinho. O Movimento conquistou o loteamento e meio-lote foi distribuído para 200 pessoas de baixa renda.
“Tenho um carinho enorme pelo Progresso II, um bairro que conquistamos na luta, que vi nascer, e que foi se estabelecendo com muita luta do pessoal do Movimento dos Sem Casa de Brumadinho, conquistando rede de água, depois de energia, pavimentação, praça até chegar onde chegou”, diz, feliz, o vereador do PT.   
Rua Açucena, no bairro Bela Vista
A Rua Rio Manso, antes e depois da intervenção solicitada 
por Reinaldo Fernandes 

A Secretaria Municipal de Obras patrolou a Rua Açucena, no bairro Bela Vista. Agora, os veículos já podem trafegar por ela. “Tenho batalhado para que a rua fosse arrumada há mais de quatro anos. Agora falta a pavimentação”, disse o vereador Reinaldo Fernandes (PT), que encaminhara pedido à Secretaria. Segundo Fernandes, o Secretário de Obras e Serviços Urbanos de Brumadinho, Sr. Antônio Orlando Corazza, a rua seria cascalhada mas, segundo ele, “no momento a Secretaria não possui recursos orçamentários que destinem verbas para a realização da pavimentação dessa via”. 
A Rua Açucena, antes e depois da intervenção solicitada 
por Reinaldo Fernandes 


Edição 188 – Julho 2016 POLÍTICO DEVE TRABALHO. NÃO FAVORES! Por Gibran Dias

É dada a largada neste ano eleitoral. Os políticos e aspirantes à política municipal já se movimentam pelas praças, barzinhos e feirinhas da cidade – de quatro em quatro anos eles (as) fazem isso – é a tradição. Enquanto alguns poucos se esforçam em lerem e compreenderem as novas regras da campanha eleitoral, outros ainda insistem e persistem na velha política: favores, presentinhos, comitês antes da hora, panfletagem irregular. É lamentável que isso aconteça – mesmo numa época em que a “impunidade” dessa turma parece começar a acabar (operações da Polícia Federal já prenderam centenas de empresários e políticos). Este jornal, na edição passada, já alertou os pré-candidatos sobre as possíveis penas e multas para quem faz campanha não permitida, mas ainda temos visto e ouvido em Brumadinho que pré-candidatos têm praticado a política antiga. E o resultado é inevitável: certos eleitores tentam tirar vantagens dessa situação. A Câmara Municipal é um exemplo disso. Lá aparecem pessoas pedindo aos vereadores para que estes paguem contas de energia elétrica, de água, de internet; pedem para usar os carros institucionais do legislativo para irem em Belo Horizonte, Betim etc. Não é legal e não é dever dos políticos e dos pré-candidatos realizarem tais favores! Pense um pouco: se você pede um favorzinho em troca do seu voto, ele vale apenas o “favorzinho”. Não troque uma escola, um acesso pavimentado ou a iluminação pública do seu bairro por uma conta de luz – os políticos devem trabalho, e não favores. Outro resultado desastroso da “velha política” – a dita cuja “politicagem” – é a percepção dos candidatos eleitos. Ora, se fulano foi eleito porque deu festinhas, cedeu o sítio e fazenda para amigos e conhecidos, ou porque “emprestou” carro institucional, logo fica evidente que não é preciso fazer muito pelas pessoas, pelos cidadãos e cidadãs da cidade. Talvez seja este um dos fatores que colaboram para que o Brasil não avance, não se desenvolva. Se o eleitorado crê que os políticos devem favores, logo – e óbvio – que os políticos só farão isto: favores aqui, favores ali. Então, vamos tentar algo inovador? Que tal trocar as eleições por seleções? Seja mais criterioso e profissional para votar! E a internet é uma ferramenta excelente para isso. Lá você encontra quase tudo sobre os pré-candidatos (as): nas redes sociais você fica sabendo da vida e dos pensamentos; nos sites da justiça você encontra os processos (ou a inexistência deles) de cada um; e isso serve para ver se o que o pré-candidato diz é verdade ou mentira. Selecione, conheça as propostas e o trabalho de cada um! Político deve trabalho, não favores! 

Edição 188 – Julho 2016 Só rindo: os melhores tweets que bombaram no mês

“Quando “Pokemon Go” chegar no Brasil, vou me fantasiar de Pikachu. Vai que assim alguém vai querer me pegar” - @PradoPKB, 20 de julho, sobre a agitação provocada pelo lançamento do aplicativo “Pokemon Go”

“A gente não devia escolher nenhum presidente em 2018. Acho que o Brasil precisa ficar solteiro alguns anos pra se encontrar” - @opedroesteves, 21 de julho. Você não precisa estar em um relacionamento pra estar bem, cara. Que tal tirar um tempo pra si mesmo? Começar um seriado novo, viajar pra Europa...

“Se casamento gay não gera filhos, expliquem como Chitãozinho e Xororó fizeram Sandy e Júnior” - @charlesassis, 14 de julho, sobre como não devemos ter preconceitos

“Quantas pílulas do dia seguinte eu tenho que tomar pra acabar esse ano?” - @allanlac, 21 de julho. É, 2016 não tá sendo fácil pra ninguém

“- Ei, gata, seu pai é astronauta?
- Não, por que?
- Porque seria maneiro” - @IgurRibeiro, 19 de julho. Isso sim é ter originalidade nas cantadas

Edição 188 – Julho 2016 Curtas Eduardo Suplicy é detido pela PM em protesto contra despejos

O ex-senador, professor e candidato a vereador da prefeitura de São Paulo (SP), Eduardo Suplicy (PT), 75 anos, foi carregado pela Polícia Militar do governo Alckmin, na segunda-feira, dia 25 de julho, durante protesto contra reintegração de posse. Em pouco menos de 4 horas o candidato foi solto, e em vídeo publicado por sua assessoria, explicou: “Assim que eu vi um grupo de policiais militares avançando sobre moradores, fiquei com receio de que pudesse haver cena de violência incontrolável. Deitei no chão para tentar prevenir isso.”. A situação foi amplamente repercutida na internet assim que a assessoria do professor comunicou o ocorrido em suas redes sociais oficiais. O internauta Alexandre Matias, em post publicado na página “Quebrando o tabu”, observou: “dois Eduardos, duas medidas”, fazendo referência ao ex-presidente da câmara Eduardo Cunha, em liberdade mesmo após inúmeras denúncias comprovadas de corrupção.

Ciclistas de Brumadinho dão show de solidariedade


No dia 03 de Julho de 2016, foi realizado pela Associação Ciclistas da Terra e seus associados, o 1º Encontrão da Apae de Bonfim. Mais de 100 ciclistas de Brumadinho e outras cidades da região, inclusive Bonfim, fizeram um passeio para arrecadar fundos e doações para a Apae de Bonfim, a qual vem passando por algumas dificuldades. Os ciclistas saíram do centro de Brumadinho e foram até a cidade de Bonfim, sendo muito bem recebidos por funcionários e alunos da Apae. Foi organizado um lanche para os ciclistas e os mesmos fizeram sorteios de brindes para os participantes. Todo o valor arrecadado com as inscrições do passeio foi destinado à Apae, além disso, foi feita uma divulgação do trabalho da mesma. Parabéns a todos que participaram do evento! Isso mostra como o esporte pode ser importante na vida de toda a comunidade! 

Edição 188 – Julho 2016 Pré-candidato que fizer qualquer tipo de doação pode ser preso!

Pré-candidato e posterior candidato não pode fazer qualquer tipo de doação. Se fizer doação pode pagar multa, perder o registro de candidatura, o diploma de eleito e até ser  preso

Pagar rodada de cerveja na Feirinha da Agricultura Familiar: NÃO PODE! 
Doar festa para turma de alunos formandos: NÃO PODE!
Levar pessoas em Belo Horizonte, mesmo para visitas ao médico, em carro público: NÃO PODE!
Doar dinheiro, alimento, bebida, jogo de camisa de futebol bola, troféu, material de construção, carne e churrasco: NÃO PODE!
Pagar conta de água e conta de luz: NÃO PODE!
Pagar gás de cozinha: NÃO PODE!
Pagar qualquer coisa: NÃO PODE!

Tudo isso, e qualquer outro tipo de benefício praticado por vereadores, pré-candidato ou, posteriormente, candidato, é considerado crime pela legislação eleitoral. Diz o Código Eleitoral, e, seus artigos 237; 243, V; 299 e 346 e 347, assim como os artigos 39, § 6º, e art. 73, I e § 10 que “a doação, oferecimento, entrega e distribuição de QUALQUER vantagem ou benefício pessoal ao eleitor, principalmente quando acompanhado de sugestão de voto”, é crime.
Recentemente o Promotor Eleitoral, Thiago Correia Afonso, enviou correspondência a todos os partidos de Brumadinho lembrando essas proibições. O Promotor explicou que “o descumprimento desses preceitos pode caracterizar propaganda antecipada, compra de votos, abuso de poder econômico, uso indevido de bens públicos e movimentação ilícita de recursos de campanha, sujeitando-se o infrator a MULTA, PRISÃO E CASSAÇÃO DE REGISTRO OU DIPLOMA”.
O Promotor Thiago Correia Afonso disse que “prefere atuar preventivamente, contribuindo para que se evitem os atos viciosos das eleições – como os aqui indicados – e se produzam resultados eleitorais legítimos”. No entanto, o representante da Justiça Eleitoral avisou aos partidos de Brumadinho que
“uma vez cometido o ilícito, é dever do Ministério Público apurar a autoria e materialidade e promover a responsabilização dos envolvidos, pugnando pela aplicação das sanções referidas, o que representa transtornos para as candidaturas”.

Qualquer pessoa pode denunciar esse tipo de crime ao Ministério Público Eleitoral. E qualquer vereador, pré-candidato ou candidato pode ser denunciado... até mesmo por quem lhe pediu algum tipo de doção! Então, pré-candidato, fique esperto! Ou você pode até ser preso!    

Edição 188 – Julho 2016 Iluminação Pública ainda sem solução Licitação foi feita mas não foi concluída

Continua sem solução o grave problema da falta de iluminação pública no Município. Não por falta de cobrança. Pelo menos dois vereadores, Alessandra Oliveira (PPS) e Reinaldo Fernandes (PT) têm cobrado insistentemente da Administração solução para a questão. Os vereadores vêm cobrando explicações, questionando quando a Prefeitura vai dar uma solução para o caso. Tanto na sede quanto no interior de Brumadinho há muitos postes com suas lâmpadas apagadas. Nos bairros São Sebastião, no Progresso II, no Santa Efigênia, em Casa Branca, no Planalto, na localidade de Marques, por todo o Município há problemas. Na Rua Afrânio Castanheira Friche, no bairro de Lourdes, recentemente um veículo foi roubado em um dos trechos que está às escuras.  A Prefeitura diz que o convênio com a empresa responsável foi finalizado e será contratada nova empresa.
No entanto, a contratação de uma nova empresa está demorando muito. Realizada no dia 11 de julho, a quase um mês, a licitação dos serviços de manutenção no sistema de iluminação pública do Município não foi concluída.  

Ofício do Secretário de Obras para REINALDO FERNANDES: 
processo atravancado

“A falta de iluminação pública se torna mais problemática quando nos lembramos que a violência, como os assaltos, aumentou muito em Brumadinho, e essa falta de iluminação facilita esse tipo de ação”, diz o vereador e pré-candidato a prefeito pelo PT, Reinaldo Fernandes. “Vamos continuar acompanhando e cobrando dos responsáveis a solução para esse problema”, diz ele. 

Edição 188 – Julho 2016 Cuidados que se deve ter na campanha eleitoral

Atenção, dos troféus para truco e buraco, porção de carne cozida nos botecos, sacos de cimento, jogo de camisa para futebol, aqueles “dez real para tomar uma” para depois não reclamar.

Lembrete amigo:
1)         Vereador é aquele que defende os direitos, não aquele que lhe faz favores pessoais.
2)         Vereador é aquele que defende moradia para todos, não aquele que paga hoje seu aluguel.
3)         Vereador é aquele que defende a energia para todos, não aquele que paga hoje sua conta de luz.
4)         Vereador é aquele que defende água para todos, não aquele que paga hoje sua conta de água.
5)         Vereador é aquele que fiscaliza o seu direito à saúde, não aquele que paga hoje a sua receita.
6)         Vereador é aquele que fiscaliza o seu direito à moradia digna, não aquele que dá hoje um saco de cimento.
7)         Vereador é aquele que fiscaliza o seu direito à assistência social e ao trabalho, não aquele que lhe dá hoje uma cesta básica.
8)         Vereador é aquele que quer escola digna para todos, não aquele que dá uma bolsa para o seu filho.
E mais, o salário que o vereador recebe, que o prefeito recebe, é você quem paga. Todo cidadão, pobre ou rico, paga imposto quando compra comida para família, quando compra roupa, quando toma uma pinguinha ou aquela cerveja gelada, quando paga a gasolina do carro, quando compra o cigarro.
Portanto, companheiro, é você pobre ou rico quem paga os salários de vereadores e prefeitos.

Vereador precisa conhecer bem a cidade, os seus problemas e sua gente. Precisa conhecer bem as leis e as políticas públicas para acompanhar em nome do povo a Administração Municipal.