Busque em todo o blog do Jornal de fato

Entre em contato conosco: defatojornal@gmail.com / 99209-9899

domingo, 7 de maio de 2017

Edição 196 – Março 2017
Como ajudar a impedir a aprovação da Reforma da Previdência

A Reforma da Previdência e a Trabalhista são prejudiciais para toda a população brasileira, a não ser para os patrões e empresários. Mesmo quem já aposentou ou está quase aposentando, tem filhos, pais e mães, parentes, vizinhos que serão prejudicados. Portanto ninguém pode cruzar os braços e fingir que nada está acontecendo.
Para quem acha que não pode fazer greve, há muitas outras formas de lutar contra a reforma que acabará com as aposentadorias no Brasil. E a Reforma Trabalhista, que destruirá os direitos conquistados desde 1943.
Apoiar os trabalhadores em greve é uma forma. Participar das manifestações e da Greve Geral de 28 de abril é outra forma importantíssima. Sair com um adesivo no peito, contra a Reforma, conversar com os amigos, os vizinhos e parentes, com os alunos também.

Outra forma de luta é pressionar os deputados federais, começando por aquele em que se votou em 2014 e foi eleito. Depois, pressionando os deputados federais mais votados em Brumadinho em 2014. Os deputados federais mais votados em Brumadinho em 2014 são eles:


Você, leitor, pode visitar o gabinete do deputado em Belo Horizonte. Ou pode ligar para o gabinete do deputado em Brasília. Ou pode mandar uma mensagem pelo e-mail, direto do seu PC ou de celular. Ou convencemos os deputados a reprovarem essa reforma em seu conjunto ou teremos, nós e nossos filhos, netos etc, que trabalhar 49 anos sem deixar de contribuir um dia sequer e se aposentar a partir de 66 anos, dentre outros prejuízos. Como isso não é possível no Brasil, é o fim das aposentadorias no País.
Abaixo, o jornal de fato publica o nome e e-mail de todos os deputados e uma sugestão de texto para o leitor enviar:   


TONINHO PINHEIRO - dep.toninhopinheiro@camara.leg.br
CAIO NARCIO - dep.caionarcio@camara.leg.br
LAUDIVIO CARVALHO - dep.laudiviocarvalho@camara.leg.br
MARCELO ÁLVARO ANTÔNIO - dep.marceloalvaroantonio@camara.leg.br
PATRUS ANANIAS - dep.patrusananias@camara.leg.br
EROS BIONDINI - dep.erosbiondini@camara.leg.br
TENENTE LÚCIO - dep.tenentelucio@camara.leg.br
MARCELO ARO - dep.marceloaro@camara.leg.br
LINCOLN PORTELA - dep.lincolnportela@camara.leg.br
STEFANO AGUIAR - dep.stefanoaguiar@camara.leg.br
GEORGE HILTON - dep.georgehilton@camara.leg.br
WELITON PRADO - dep.welitonprado@camara.leg.br
GABRIEL GUIMARÃES - dep.gabrielguimaraes@camara.leg.br
FRANKLIN LIMA – dep.franklinlima@camara.leg.br
EDUARDO BARBOSA - dep.eduardobarbosa@camara.leg.br
DOMINGOS SÁVIO - dep.domingossavio@camara.leg.br
SUBTENENTE GONZAGA - dep.subtenentegonzaga@camara.leg.br
LEONARDO MONTEIRO - dep.leonardomonteiro@camara.leg.br
RODRIGO DE CASTRO - dep.rodrigodecastro@camara.leg.br
DIEGO ANDRADE - dep.diegoandrade@camara.leg.br
MAURO LOPES - dep.maurolopes@camara.leg.br
DELEGADO EDSON MOREIRA - dep.delegadoedsonmoreira@camara.leg.br
SARAIVA FELIPE - dep.saraivafelipe@camara.leg.br
MARCUS PESTANA - dep.marcuspestana@camara.leg.br
LUIZ FERNANDO FARIA - dep.luizfernandofaria@camara.leg.br
LUIS TIBÉ - dep.luistibe@camara.leg.br
RODRIGO PACHECO - dep.rodrigopacheco@camara.leg.br
 ADELMO CARNEIRO LEÃO - dep.adelmocarneiroleao@camara.leg.br
ADEMIR CAMILO -dep.ademircamilo@camara.leg.br
AELTON FREITAS - dep.aeltonfreitas@camara.leg.br
BILAC PINTO - dep.bilacpinto@camara.leg.br
BONIFÁCIO DE ANDRADA - dep.bonifaciodeandrada@camara.leg.br
BRUNNY - dep.brunny@camara.leg.br
CARLOS MELLES - dep.carlosmelles@camara.leg.br
DÂMINA PEREIRA - dep.daminapereira@camara.leg.br
DIMAS FABIANO - dep.dimasfabiano@camara.leg.br
FÁBIO RAMALHO - dep.fabioramalho@camara.leg.br
JAIME MARTINS - dep.jaimemartins@camara.leg.br
JÔ MORAES - dep.jomoraes@camara.leg.br
JÚLIO DELGADO - dep.juliodelgado@camara.leg.br
LEONARDO QUINTÃO - dep.leonardoquintao@camara.leg.br
MARCOS MONTES - dep.marcosmontes@camara.leg.br
MARGARIDA SALOMÃO - dep.margaridasalomao@camara.leg.br
MÁRIO HERINGER - dep.marioheringer@camara.leg.br
MISAEL VARELLA - dep.misaelvarella@camara.leg.br
NEWTON CARDOSO JR - dep.newtoncardosojr@camara.leg.br
PADRE JOÃO - dep.padrejoao@camara.leg.br
PAULO ABI-ACKEL - dep.pauloabiackel@camara.leg.br
RAQUEL MUNIZ - dep.raquelmuniz@camara.leg.br
REGINALDO LOPES - dep.reginaldolopes@camara.leg.br
RENATO ANDRADE - dep.renatoandrade@camara.leg.br
RENZO BRAZ - dep.renzobraz@camara.leg.br
ZÉ SILVA - dep.zesilva@camara.leg.br

Sugestão de texto:

Sr. Deputado (ou Sra. Deputada),

No próximo ano teremos novas eleições. Em 2014, eu e minha família votamos no senhor. Agora, temos um pedido a fazer: VOTE CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA E CONTRA AREFORMA TRABALHISTA. A última, sob o discurso da modernização, retroagirá nosso País ao tempo de escravidão ou semiescravidão.  A REFORMA DA PREVIDÊNCIA não é uma reforma, é a destruição da Seguridade Social no Brasil. Quero aposentar e quero que meus filhos e meus familiares – além de todos os brasileiros, claro, incluindo seus parentes – se aposentem. O País passou por três reformas da Previdência recentemente, não precisa de outras!
Por isso, solicito, em meu nome, em nome de minha família e dos mineiros, que o Sr. vote NÃO À REFORMA. Não queremos emendas a um projeto que é péssimo do início ao fim: queremos um NÃO! 
Se o Senhor não puder nos atender, também não poderemos ajudar-lhe em 2018, próximas eleições. Mais do que isso: teremos que fazer campanha contra o senhor que terá provado, se votar sim na reforma ou em a alguma emenda, que não nos representa, precisando, portanto, ser substituído por quem estiver ao lado do povo. Não seja um traidor do povo!

Grande abraço, até 2018!

Como enviar mensagens aos deputados:

1- Copie os e-mails:
dep.adelmocarneiroleao@camara.leg.br, dep.ademircamilo@camara.leg.br, dep.aeltonfreitas@camara.leg.br, dep.bilacpinto@camara.leg.br, dep.bonifaciodeandrada@camara.leg.br,dep.caionarcio@camara.leg.br, dep.carlosmelles@camara.leg.br, dep.delegadoedsonmoreira@camara.leg.br, dep.diegoandrade@camara.leg.br, dep.dimasfabiano@camara.leg.br,dep.domingossavio@camara.leg.br, dep.eduardobarbosa@camara.leg.br, dep.erosbiondini@camara.leg.br, dep.fabioramalho@camara.leg.br, dep.franklinlima@camara.leg.br,dep.gabrielguimaraes@camara.leg.br, dep.georgehilton@camara.leg.br, dep.jaimemartins@camara.leg.br, dep.jomoraes@camara.leg.br, dep.juliodelgado@camara.leg.br,dep.laudiviocarvalho@camara.leg.br, dep.leonardomonteiro@camara.leg.br, dep.leonardoquintao@camara.leg.br, dep.lincolnportela@camara.leg.br, dep.luistibe@camara.leg.br,dep.luizfernandofaria@camara.leg.br, dep.marceloalvaroantonio@camara.leg.br, dep.marceloaro@camara.leg.br, dep.marcosmontes@camara.leg.br, dep.marcuspestana@camara.leg.br, dep.margaridasalomao@camara.leg.br, dep.marioheringer@camara.leg.br, dep.maurolopes@camara.leg.br, dep.misaelvarella@camara.leg.br, dep.newtoncardosojr@camara.leg.br, dep.padrejoao@camara.leg.br, dep.patrusananias@camara.leg.br, dep.pauloabiackel@camara.leg.br, dep.raquelmuniz@camara.leg.br, dep.reginaldolopes@camara.leg.br,dep.renatoandrade@camara.leg.br, dep.renzobraz@camara.leg.br, dep.rodrigodecastro@camara.leg.br, dep.rodrigopacheco@camara.leg.br, dep.saraivafelipe@camara.leg.br,dep.stefanoaguiar@camara.leg.br, dep.subtenentegonzaga@camara.leg.br, dep.tenentelucio@camara.leg.br, dep.toninhopinheiro@camara.leg.br, dep.welitonprado@camara.leg.br,dep.zesilva@camara.leg.br, dep.brunny@camara.leg.br, dep.daminapereira@camara.leg.br
2- Clique em Cco (cópia oculta) e cole todos os e-mails;
3- Copie o "Assunto" (REFORMA DA PREVIDÊNCIA E TRABALHISTA) e cole;
4- Copie a mensagem (
Sr. Deputado (ou Sra. Deputada),

No próximo ano teremos novas eleições. Em 2014, eu e minha família votamos no senhor. Agora, temos um pedido a fazer: VOTE CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA E CONTRA AREFORMA TRABALHISTA. A última, sob o discurso da modernização, retroagirá nosso País ao tempo de escravidão ou semiescravidão.  A REFORMA DA PREVIDÊNCIA não é uma reforma, é a destruição da Seguridade Social no Brasil. Quero aposentar e quero que meus filhos e meus familiares – além de todos os brasileiros, claro, incluindo seus parentes – se aposentem. O País passou por três reformas da Previdência recentemente, não precisa de outras!
Por isso, solicito, em meu nome, em nome de minha família e dos mineiros, que o Sr. vote NÃO À REFORMA. Não queremos emendas a um projeto que é péssimo do início ao fim: queremos um NÃO! 
Se o Senhor não puder nos atender, também não poderemos ajudar-lhe em 2018, próximas eleições. Mais do que isso: teremos que fazer campanha contra o senhor que terá provado, se votar sim na reforma ou em a alguma emenda, que não nos representa, precisando, portanto, ser substituído por quem estiver ao lado do povo. Não seja um traidor do povo!

Grande abraço, até 2018!) e cole a mensagem:
5- Assine a mensagem;
6- Clique em "enviar"

Pronto! Ele pensará duas vezes se souber que estamos atentos!

Reforma da Previdência
Câmara Municipal aprova moção contra a Reforma

A Câmara Municipal de Brumadinho aprovou moção dwe repúdio à PEC 287, que propõe a Reforma da Previdência enviada ao Congresso pelo governo de Temer (PMDB/PSDB). A decisão foi tomada na sessão do Plenário do dia 23 de março, depois de pedido feito pela diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais, SindUTE, subsede Brumadinho. Veja abaixo a moção aprovada.

“MOÇÃO Nº 06/2017 - Os Vereadores pelo Município de Brumadinho/MG, que abaixo subscrevem, vêm a público manifestar seu repúdio à Reforma da Previdência, nos termos que está sendo apresentada pelo Governo Federal ao Congresso Nacional. Entre outras alterações, a PEC 287 propõe extinguir a aposentadoria por tempo de contribuição, estabelecer uma idade mínima única para aposentadoria - 65 anos, para praticamente todo o conjunto dos trabalhadores, urbanos e rurais, do setor público e do privado; professores, homens e mulheres; elevar o tempo mínimo de contribuição, além de diversas outras alterações incabíveis e inescrupulosas. A proposta, portanto, promove o endurecimento das regras de acesso e o rebaixamento no valor médio dos benefícios. Ao estabelecer uma idade mínima de 65 anos para aposentadoria para praticamente todos os cidadãos, a PEC torna mais difícil a já árdua tarefa de se aposentar. Não se pode admitir a ideia de tratar a todos de forma igual neste caso, tendo em vista as diferentes condições de trabalho a que cada cidadão é submetido. Tomemos como exemplo os trabalhadores rurais: possuem um trabalho árduo, geralmente feito sob condições climáticas desfavoráveis; iniciam sua vida laboral muito cedo e deverão contribuir por muito mais tempo para poder se aposentar somente aos 65 anos, se conseguirem atingir esta idade ainda em condições de trabalho. O novo modelo de cálculo do benefício tomará como base 51% da média de todas as contribuições desde 1994, mais 1% por ano de contribuição, o que significa, na prática, contribuição ininterrupta desde os 16 anos de idade até os 65 anos, o que não acontecerá nem na melhor das hipóteses. Sendo assim, aprovar esta PEC nos termos que se apresenta, caracterizará um grande retrocesso aos direitos dos trabalhadores e penalizará, principalmente, a população mais carente de nosso país. Diante do exposto enviamos nosso Repúdio à PEC da Reforma da Previdência, como forma de demonstrarmos nosso apoio à classe trabalhadora, não só de Brumadinho mas de todo país, pois não podemos concordar com uma lei que vai retirar direitos adquiridos com muita luta por tantos cidadãos brasileiros, que trabalham arduamente contribuindo sobremaneira para o desenvolvimento do nosso país. Câmara Municipal de Brumadinho, 23 de março de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário