Busque em todo o blog do Jornal de fato

Carregando...
Entre em contato conosco: defatojornal@gmail.com / 99209-9899

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Edição 187 – Junho 2016 Editorial

Editorial

Colocar Brumadinho no século XXI. Nosso município precisa é desse tipo de atitude. Vamos começar acabando com a roubalheira e a corrupção. Nada de enriquecer nossa família e nossos amigos! Mas isso não basta: vamos dar agilidade à Prefeitura: formar equipe de governo com profissionais competentes e qualificados, estabelecer metas para secretários e servidores e cobrar resultados; Implantar o Orçamento Participativo; Criar uma Comissão Permanente de Projetos para viabilizar recursos estaduais, federais e internacionais para o Município; Criar a Ouvidoria Municipal para receber reclamações e sugestões da população; Criar o Conselho Municipal de Acompanhamento do Governo que se reunirá periodicamente para avaliar o governo e apresentar sugestões para melhorá-lo; Descentralização: implantar Regionais da Prefeitura no interior; Respeitar e implementar as propostas feitas pela população na construção da Lei de Diretrizes Orçamentárias.

EMPREGO E RENDA: Turismo e Agricultura como prioridades: Investir na criação de novas alternativas de geração de emprego e renda; Criar, junto aos interessados, grupo permanente de discussão sobre políticas de turismo; Criar o Fundo Próprio para apoio à Geração de Emprego e Renda; Reformar passeios e revitalizar a área central, Ruas Pe. Eustáquio, Quintino Bocaiúva e Itaguá, e Av. Inhotim, melhorando e embelezando o acesso do turista a Inhotim; Criar portais nas principais entradas da cidade; Agricultura Familiar: mais incentivos, mais apoio ao agricultor, com mais investimento nas questões técnicas, na venda e na agregação de valor aos produtos; Criar programas e investimentos para Startups. É isso que tem que ser feito!

SEGURANÇA: Cobrar, do Governo do Estado, um efetivo maior de PM e de Policiais Civis; Criar e implementar o Fundo Municipal de Segurança Pública; Incentivar a população para adoção da Rede de Vizinhos Protegidos; Apoiar a restruturação e funcionamento dos CONSEPS; Cuidar da Iluminação Pública: aquisição e instalação de 1.000 postes de energia solar e câmeras de vigilância; Combater o tráfico de drogas; Desenvolver políticas para a juventude como forma de combate à entrada no mundo das drogas e por uma vida saudável e participativa; Implantar pontos de apoio à polícia militar na zona rural do município; Implantar sistema de vídeo monitoramento; Estudar a implantação de consórcio intermunicipal de segurança pública, com municípios limítrofes à Brumadinho.

ÁGUA, MEIO AMBIENTE E SANEAMENTO: Resolver o problema de falta de água, levando-a a 100% dos brumadinenses; Proteger a Mãe d’Água e todas as nossas águas; Iniciar a implantação da Estação de Tratamento de Esgoto, em parceria com a COPASA.

TRÂNSITO / ESTRADAS: Acessos decentes: pavimentar e dar manutenção nas vias de acesso para os distritos, localidades e condomínios; Criar novas linhas de ônibus para o interior do Município, com mais horários, em mais dias da semana; Criar mais acessos para Brumadinho - Asfaltar a Estrada Conquistinha até a BR 381 e de Aranha até Moeda; Construir a Nova Ponte sobre o Rio Paraopeba;
Realizar, sistematicamente, a Educação para o trânsito; Asfaltar estrada de Casa Branca a Brumadinho; investir no Setransb, melhorar a acessibilidade e a mobilidade urbana; Melhorar toda sinalização de trânsito, inclusive com semáforos.

SAÚDE: Priorizar o tratamento preventivo e buscar agilidade para as consultas especializadas; Hospital Municipal: terminar a construção e buscar solução de ocupação; Buscar a implantação do SAMU; Retomar o atendimento odontológico móvel.

CULTURA: Apoiar os artistas locais, implementando a “Lei dos 50%”; Criar e implementar Lei Municipal de Incentivo à Cultura; Alocar recursos no Fundo de Cultura para que Bandas e artistas locais possam apresentar projetos para os Editais Públicos de Cultura; Construir o Teatro Municipal na Sede e Espaços de Cultura nos distritos e povoados; Criar o festival de Música e o Concurso Nacional de Poesias e Contos.

EDUCAÇÃO: Incentivar e investir em projeto educacional que amplie a participação popular da comunidade; Garantir que nenhum profissional da Educação ganhe menos do que determina a lei do Piso Salarial dos Profissionais do Ensino Fundamental; Criar creches (umeis) nas sedes dos distritos; Distribuir kits literários para os alunos da rede municipal; Construir bibliotecas (cinematecas e webtecas) municipais na sede e nos distritos com livre acesso para a população; Fornecer vale-cultura anualmente aos profissionais da Educação.

TRANSPORTE E TRÂNSITO: Melhorar o transporte coletivo municipal, aumentando linhas e horários;
Investir em ciclovias e no uso cada vez maior de bicicletas; Atuar junto ao DER para Melhorar o transporte coletivo intermunicipal.

ASSISTÊNCIA SOCIAL: Construir no mínimo 300 moradias para a população de baixa renda, buscando financiamentos estadual e federal e/ou utilizando recursos próprios; Criar e implementar o Banco de Materiais de Construção; Criar Casa de Acolhimento de mulheres vítimas da violência doméstica.

ESPORTES E LAZER: Criar áreas públicas dotadas de instrumentos para convivência, esporte, lazer e diversão; Preservar as áreas verdes para uso comum da população.

SERVIDORES: Implantar politica de valorização permanente do servidor;

MODERNIDADE: Instalar balanços e promover apresentações musicais em pontos de ônibus; Instalar redes de wi-fi nas praças, escolas e pontos de ônibus; Implantar linha experimental de ônibus movido a biogás e/ou energia solar – o Biobus;
Brumadinho precisa da implementação dessas políticas públicas. Para entrar de vez no séc. XXI.

Edição 187 – Junho 2016 Vereador consegue benefícios para Brumadinho

Vereador consegue benefícios para Brumadinho
Além de receber o Kit da Agricultura Familiar, Município receberá Kit de materiais esportivos

O Vereador Reinaldo Fernandes (PT) conseguiu importantes recursos para Brumadinho que foram entregues neste mês de junho. Outros serão entregues no final deste mês de julho.
O Vereador Reinaldo do PT mantém parceria com o deputado estadual Rogério Correia, também do PT, o que tem beneficiado bastante o município. Agricultores de Brumadinho foram contemplados com o Kit da Agricultura Familiar. O Kit para os feirantes da Agricultura Familiar é composto por 10 barracas, 20 jalecos, 60 caixas plásticas, balanças de pesagem e lixeiras. O kit contribuirá para o projeto de agricultura familiar que vem sendo implementado em Brumadinho, incluindo a “Feirinha”, que funciona aos sábados e, agora, também às quartas feiras.
A indicação para que os agricultores de Brumadinho recebessem o kit foi feita pelo vereador Reinaldo Fernandes. Através da parceria com o deputado estadual Rogério Correia, também do PT, Reinaldo encaminhou pedido ao Governo de Minas.

Entrega do kit

O Kit da Agricultura Familiar foi entregue pelo governo Fernando Pimentel, do PT, no último dia 30. Participaram da cerimônia de entrega do kit o Secretário de Agricultura, José de Figueiredo Ném Neto, o Zezé do Picolé; e Valéria Carneiro, responsável pelo setor de Agricultura Familiar em Brumadinho. Os dois, que de pronto receberam o vereador Reinaldo no gabinete e providenciaram rapidamente toda a documentação, foram acompanhados na Cidade Administrativa pelo deputado Rogério Correia (PT).  
“O minério de Brumadinho já está acabando. Temos que ter outras matrizes econômicas. Uma é o turismo; a outra, a agricultura. Precisamos fomentar a agricultura familiar. Hoje há um trabalho bacana sendo desenvolvido. Precisamos melhorá-lo, fazer novos investimentos, melhorar as estradas, se preocupar cada vez mais com as questões técnicas, a venda dos produtos, agregar valor aos produtos”, defende Reinaldo Fernandes.
“Fiquei muito feliz em conseguir o kit, em poder colaborar com os feirantes, especialmente porque eles estavam precisando muito, principalmente das novas barracas. Espero que o kit os ajude a melhorar o trabalho e sua renda”, completou o vereador petista.

Kit de materiais esportivos para Brumadinho
Kit contempla jogo de camisas, coletes, bolas e troféus

O Vereador Reinaldo do PT repasse para o Secretário de
Esportes Reginaldo Missias a relação de documentos
a ser entregue ao Governo Pimentel
Mais uma conquista para os brumadinenses foi viabilizada pelo Vereador Reinaldo Fernandes (PT). Agora se trata de um Kit com materiais esportivos, incluindo jogo de camisa, jogos de colete; bolas de campo, de futsal, de voleibol; redes de vôlei; e troféus.
Através do gabinete do deputado estadual Rogério Correia, também do PT, Reinaldo fez a indicação de Brumadinho para ser contemplado pelo Governo de Fernando Pimentel (PT).
Procurado o Secretário de Esportes e Lazer, Reginaldo Missias, sua secretaria preparou a documentação, através do Coordenador de Esportes, Bruno Campos, que não mediu esforços para que os documentos fossem preparados em tempo hábil para que fossem levados por Reinaldo ao Governador Pimentel (PT) a fim de que a população de Brumadinho fosse novamente beneficiada.
O kit deve ser entregue pelo Governo de Minas ainda no final deste mês de julho.

Vereador participa de cerimônia com governador
Pimentel lançou o programa Campos de Luz II

O Vereador Reinaldo Fernandes, o Reinaldo do PT, participou, em 27/6, de evento com o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, também do PT. O evento aconteceu na Cidade Administrativa.
Reinaldo do PT foi convidado pela Deputada Estadual Marília Campos (PT) e por Ronaldo Manassés, Coordenador do Colegiado Executivo dos Fóruns Regionais de Minas Gerais, do qual Reinaldo é membro, representando Brumadinho e o microterritório Betim (17 cidades).
O Governador lançou o Programa Campos de Luz II, que irá iluminar campos de futebol amador e quadras poliesportivas. Atendendo a um pedido de Arnaldo Rodrigues (PCdoB), a deputada Marília Campos (PT) fez a emenda parlamentar incluindo o campo do “Corujão” (Estádio Vanderlei Pereira), do bairro Planalto, em Brumadinho. O “Corujão” será o primeiro campo de futebol municipal de Brumadinho a receber iluminação. Os outros dois campos iluminados são particulares.      
O governador também anunciou os municípios que receberão equipamentos do programa Academia ao Ar Livre, além de kits esportivos com bolas de futebol, troféus, jogos de uniformes e redes de vôlei. Ao todo, 237 municípios serão beneficiados com as três iniciativas – Campos de Luz, kits esportivos e academias.
Serão instalados 127 equipamentos do programa Academia ao Ar Livre em locais públicos de 95 municípios (além de cinco unidades prisionais) e 634 kits com materiais esportivos para 93 municípios. Além disso, 115 campos amadores e quadras poliesportivas de 94 cidades, em todas as regiões de Minas Gerais, receberão iluminação pública.
Pimentel defendeu a necessidade de entregar esses equipamentos para prefeituras do interior e disse que os benefícios são enormes, especialmente para municípios de até 5 mil habitantes. “Um equipamento desses faz diferença, sim, na vida das pessoas, como faz diferença você iluminar um campo de futebol, uma quadra esportiva, ou doar aparelhos para equipar a quadra para as pessoas e os times da cidade. Tudo isso faz diferença para melhor na vida das pessoas”, defendeu.
O Governador Pimentel (PT) assinando os projetos 

Campos de Luz

O programa Campos de Luz II tem como objetivo a inclusão social, por meio da criação de alternativas para jovens e adolescentes em situação de risco. Fruto de convênio entre a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e o Governo do Estado, o programa prevê iluminar 250 campos de futebol amador e 50 quadras poliesportivas.  O investimento da Cemig é estimado em R$ 15 milhões, recurso necessário para viabilizar a criação dos projetos, assim como a aquisição dos materiais e a execução das obras.

Edição 187 – Junho 2016 Nárcio Rodrigues continua preso e é novamente denunciado por corrupção MP apura roubo via Uaitec’s

Nárcio Rodrigues continua preso e é novamente denunciado por corrupção

MP apura roubo via Uaitec’s
Narcio Rodrigues, que continua preso na Penitenciária de Contagem

O ex-presidente do PSDB mineiro, de 2004 a 2007 e de 2009 a 2011, ex-deputado Nárcio Rodrigues (PSDB) tem se envolvido em muitas polêmicas nos últimos tempos. A maior delas e mais importante envolve a prisão de Nárcio Rodrigues (PSDB), em 30 de maio, mas que continua preso por novos envolvimentos em corrupção.
O deputado do PSDB é aliado do ex-prefeito Nenem da ASA (PV), que está inelegível por ter doado R$ 160 mil “para deputado”, como o próprio Nenem da ASA diz em entrevista ao jornal Brumadinho em Foco (ed. 41). O deputado provavelmente é Caio Nárcio, filho de Nárcio Rodrigues, a quem Nenem apoiou em 2014. Quando ao pai, o preso Nárcio, Nenem o considera “um cidadão brumadinense”, e o deputado diz que “graças à nossa ação, Brumadinho recebeu 100% de água tratada em Brumadinho”, o que ele chama de uma das “conquistas extraordinárias”, dele e de Nenem: “Nenem tem o meu apoio!”, declarou o deputado preso. 
O deputado do PSDB foi Secretário de Estado de Governo de Antônio Anastasia (PSDB), pertence ao núcleo de Aécio Neves, e é pai de outro deputado apoiado por Nenem da ASA.

Novas investigações: roubos via Uaitec’s

Depois de ser preso por corrupção envolvendo 14 milhões de reais, ex-presidente do PSDB preso volta a ser investigado. Desta vez trata-se de provável esquema de desvio de recursos públicos que envolve o nome do aliado de Antônio Anastasia, atual senador pelo PSDB, Relator do Golpe de Estado contra Dilma (PT) no Senado.
Narcio Rodrigues está sendo investigado em duas frentes distintas pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o que pode agravar a situação do ex-deputado tucano, detido desde o último dia 30 na penitenciária Nelson Hungria, em Contagem. Além da operação Aequalis, que prendeu outros seis suspeitos de fraudes nos projetos da Fundação Hidroex, em Frutal, outro inquérito, aberto em 2013, apura indícios de superfaturamento de no mínimo 100% no Programa Universidade Aberta e Integrada de Minas (Uaitec).
Sob coordenação de Narcio Rodrigues, então secretário de Ciência e Tecnologia do governo de Antonio Anastasia (PSDB), o projeto de educação a distância criado em 2013, segundo funcionários, ex-servidores e ex-aliados, era mais um braço de um esquema milionário supostamente montado no governo do PSDB para desviar recursos públicos de emendas para campanhas tucanas.
Existem 114 espaços nos quais são oferecidos gratuitamente cursos de formação educacional e qualificação profissional no Estado, inclusive em Brumadinho. Os recursos para a instalação são provenientes de emendas parlamentares, sendo que cada deputado federal pode encaminhar ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação pedido de até R$ 1 milhão por unidade. O deputado estadual indica a emenda direto para a Secretaria de Ciência e Tecnologia (Sectes).

Superfaturamento

A denúncia em apuração pela promotoria aponta que o custo real para cada unidade variou entre R$ 80 mil e R$ 250 mil, conforme o tamanho e as necessidades do espaço. No entanto, os valores pleiteados por parlamentares junto ao governo federal para cada unidade eram até seis vezes superiores ao preço real. O programa Uaitec é uma parceria entre governos estaduais e federal. O Estado aproveitou a estrutura dos CVTs e telecentros existentes em Minas, destinados à inclusão digital, ampliou e modernizou os locais com novos equipamentos, como videoconferência, lousa interativa, TVs de LED, computadores e mobiliário.
O acesso às planilhas de custos das Uaitecs era restrito a um grupo pequeno de pessoas de confiança de Narcio, conforme revelou um ex-servidor da Sectes. Uma das pessoas com acesso às planilhas garantiu que o orçamento superfaturado para compra de equipamentos por unidade era de R$ 900 mil. “Essa planilha mostra os preços estratosféricos dos itens e já está de posse dos promotores”, confirmou um ex-aliado que conhecia o esquema.
Uma Uaitec é composta por duas salas para educação a distância, com 25 lugares cada, aparelho de videoconferência; sala de informática com 20 computadores, mesas, cadeiras; salas para biblioteca e de professores; espaço coworking (local de trabalho compartilhado); sala telecom; e espaço administrativo. Prefeituras e entidades gestoras disponibilizam imóvel, reformas e segurança.
Há uma dificuldade em se obter valores precisos dos custos de uma Uaitec. O segredo em torno dos preços orçados e dos preços reais é grande, já que a maioria dos produtos foi adquirida sem licitação, intermediada pela Fundação Renato Azeredo, do PSDB, gestora das Uaitecs.
Em levantamento feito pelo jornal O TEMPO, com preços de mercado dos equipamentos, o valor ficou R$ 320 mil. Ainda assim, nem todos foram efetivamente encontrados na visita à Uaitec de Contagem, feita pelo jornal. Para citar um exemplo, dos 11 splits (ar-condicionado) que constam no projeto, só havia três no local.

Privilégio

Com cerca de 60 mil habitantes, Frutal, o município que é base eleitoral de Narcio Rodrigues tem duas Uaitecs. Belo Horizonte ganhou a primeira unidade em outubro do ano passado.

Edição 187 – Junho 2016 Narcio Rodrigues e outras 14 pessoas viram réus no caso Hidroex

Narcio Rodrigues e outras 14 pessoas viram réus no caso Hidroex
Ministério Público apresentou denúncia por envolvimento em crimes como fraude a licitação, organização criminosa, peculato, lavagem de dinheiro e por embaraçar investigações

No final de junho, a Justiça de Frutal aceitou duas denúncias do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) contra o ex-presidente do PSDB-MG, Narcio Rodrigues, e outras 14 pessoas. Agora, eles são réus e acusados de envolvimento em crimes como fraude a licitação, organização criminosa, peculato, lavagem de dinheiro e por embaraçar investigações. Aliado de Nárcio, o delator Firmino Antônio Guerreiro Vieira Monteiro Rocha terá que devolver aos cofres públicos R$ 5 milhões.

Licitação direcionada

Um das denúncias aponta que a licitação para a construção do complexo "Cidade das Águas" foi direcionada para beneficiar a Construtora Waldemar Polizzi Ltda (CWP).
O edital previa cláusulas que restringiram a competição e afastaram outros licitantes. Assim, apenas cinco empresas apresentaram propostas, apesar de 32 acessarem o edital e 16 realizarem visitas técnicas ao local.
Destas cinco, quatro foram inabilitadas por não preencherem os requisitos do edital. Assim, apenas a CWP foi habilitada para o negócio, que foi assinado por dois dos denunciados.

Organização criminosa e desvio

Sete pessoas, incluindo Narcio Rodrigues, foram denunciadas por organização criminosa por desvios de recursos público ocorridos desde 2011 na execução do contrato com a CWP.
Segundo o MPMG, a organização era chefiada por Narcio, idealizador da Fundação Hidroex, com participação de outros funcionário da secretaria e também representantes da empresa CWP.
A denúncia diz ainda que a organização criminosa "adotava estratégias para ocultar a prática de desvios". E completa: "os pagamentos ilícitos eram calçados por medições durante a execução do contrato que não correspondem à realidade".
A conclusão de uma equipe técnica da Controladoria-Geral do Estado (CGE) é que o esquema causou um dano aos cofres públicos de R$ 8.771.734,66.

Embaraçar as investigações

Na denúncia, há também destaque para uma apuração que diz que três dos denunciados atuaram, entre 2015 e 2016, para embaraçar as investigações do MPMG e da CGE e ocultar o esquema por meio de falsificação de diários de obras.

Segunda denúncia

A outra denúncia acatada pela Justiça de Frutal é sobre uma acordo ilícito informal de Narcio Rodrigues com o grupo português Yser para desvio de recursos públicos em troca de benefícios financeiros e financiamento de campanha. Outras seis pessoas foram denunciadas.
O MPMG apurou que Narcio, então secretário de Estado, solicitou aos representantes do grupo português, o pagamento indevido de R$ 3 milhões para financiamento de campanha eleitoral.
Eles aceitaram participar do esquema e pediram, em troca, benefícios no valor de R$ 15 milhões por meio de "financiamento a fundo perdido" (doação de dinheiro por parte do governo de Minas) e de um terreno de 20 mil m²;
De acordo com investigação do MPMG, Narcio "solicitou e recebeu do grupo, através de um intermediário, no segundo semestre de 2012, R$ 400 mil euros para suposto financiamento de campanha".

A propina e paraísos fiscais

O pagamento de propina, ainda segundo denúncia, ocorreu através de uma "estruturação" em paraísos fiscais como Samoa e Hong Kong. Estruturação é um fracionamento de uma grande quantia em pequenos valores visando escapar do controle de grandes movimentações financeiras e dissimular a origem e o destino do valor transferido.
Em 2014, em contrapartida ao pagamento de propina, sete denunciados desviaram R$ 4.747.136,00 para a empresa SRN Comercial e Importadora e Exportadora SA, que integra o Grupo Yser, e R$ 250 mil para a Fundação de Amparo à Pesquisa de Universidade Federal de São João Del Rei (Fauf).
Na denúncia, em 2014, Narcio ainda recebeu de representantes da Yser R$ 259 mil. 

Para entender:
Narcio Rodrigues e Brumadinho

Ex-presidente do PSDB mineiro, de 2004 a 2007 e de 2009 a 2011, o deputado preso é aliado do ex-prefeito Nenem da ASA (PV), que está inelegível por ter doado R$ 160 mil ao PSDB. Nenem o considera “um cidadão brumadinense”, e o deputado preso desde 30 de maio diz: “Nenem tem o meu apoio!” 
O deputado do PSDB foi Secretário de Estado de Governo de Antônio Anastasia (PSDB), pertence ao núcleo de Aécio Neves, e é pai de outro deputado apoiado por Nenem da ASA, Caio Nárcio (PSDB).

Nenem da Asa e Nárcio Rodrigues

Nenen da ASA e o amigo que agora
está preso por corrupção, Narcio
Rodrigues (PSDB)
Recentemente, a empresa ASA, de Nenem (PV), foi condenada por ter, oficialmente, doado ilegalmente R$ 160.000,00 (cento e sessenta mil reais) para a campanha de um deputado do PSDB em 2014. Por causa dessa doação, Nenem da ASA (PV) ficou inelegível para as eleições desse ano e por mais oito anos e tenta reverter a decisão no TRE-MG, embora deva perder: o Parecer do Procurador Eleitoral do Ministério Público opinou pela manutenção da condenação.
Nenem da ASA (PV) é aliado da família do preso desde 2010, quando apoiou Nárcio Rodrigues para deputado federal. Em vídeo gravado em apoio à candidatura de Nárcio Rodrigues, Nenem da ASA (PV) enaltece o prisioneiro, dizendo: “Eu considero o Nárcio como um cidadão brumadinense. Estamos apoiando mesmo Nárcio Rodrigues.” No vídeo (disponível em https://www.youtube.com/watch?v=HzutUoha7O4) Nenem diz que “Nárcio Rodrigues tem nos ajudado na construção do novo hospital”. Até hoje o hospital está inacabado e se acabando no meio do mato, apesar da construtora, ligada à família de Nenem ter recebido quase R$ 9 milhões pela obra. Quase três mil brumadinenses (2.801) votaram em Nárcio Rodrigues (PSDB).
Já em 2014, o ex-prefeito retribuiu Nárcio Rodrigues (PSDB) e apoiou seu filho, Caio Nárcio (PSDB).  Desta vez, 1.628 brumadinenses votaram em Caio Nárcio (PSDB).
Como numa grande amizade, Nárcio Rodrigues (PSDB) retribuiu o apoio de Nenem da ASA (PV), apoiando-o na reeleição em 2012. Em vídeo gravado para a campanha (disponível em https://www.youtube.com/watch?v=ERbRG5Xwq7c), Nárcio fala uma série de mentiras, e afirma que ajudou muito Brumadinho. Uma das mentiras diz respeito à água: “Graças à nossa ação, Brumadinho recebeu 100% de água tratada em Brumadinho”, o que ele chama de uma das “conquistas extraordinárias”.  Afirmando que aquela era uma conquista “extraordinária” era dele e de Nenem, disse: “Nenem tem o meu apoio!” No entanto, como se sabe, Brumadinho nunca teve água tratada para metade da população. 

Edição 187 – Junho 2016 Poucas e boas

Poucas e boas

Aqueles que sabidamente enriquecem quando assumem um cargo público devem ser vistos pela população com desconfiança e não com admiração puramente material.
Beatriz Vignolo, advogada, dissidente da REDE Sustentabilidade  

'Decência e honestidade'
"Por um Brasil onde meu pai e meu avô diziam que decência e honestidade não era possibilidade, era obrigação. Por um Brasil onde os brasileiros tenham decência e honestidade. Por Minas, pelo Brasil, para os jovens que estão lá fora nas ruas, verás que um filho teu não foge à luta.”
Deputado Federal Caio Nárcio (que recebeu 1628 votos em Brumadinho, apoiado pelo ex-prefeito Nenem da ASA), no dia da votação do Golpe de Estado contra Dilma Rousseff (PT), 17 de abril. Depois de votar, levantou a bandeira do Brasil, beijou-a e disse "sim" ao Golpe. O “meu pai” a que ele se refere é Nárcio Rodrigues, cinco vezes deputado federal, presidente do PSDB de Minas de 2004 a 2007 e de 2009 a 2011, mais votado em Brumadinho em 2006, e ex-secretário de Estado de Anastasia, o relator do Golpe no Senado. Nárcio foi preso no dia 30 de maio, acusado de participar de um esquema que roubou 14 milhões de reais de dinheiro público, dos brumadinenses que votaram nele e dos demais mineiros. Nárcio teria recebido R$ 1 milhão e meio em propina. Continua preso por outros envolvimentos em corrupção.

"Desconfio que a Criança Esperança é um coroa safado com muita esperança!"
Luci Firmino.