Busque em todo o blog do Jornal de fato

ENTRE EM CONTATO CONOSCO: defatojornal@gmail.com / 99209-9899
ACOMPANHE-NOS NO facebook.com/jornaldefato

quinta-feira, 31 de março de 2022

 

VI Concurso Internacional de Poesias, Contos ou Crônicas  Valdir de Castro Oliveira”, do jornal de fato – Brumadinho - MG


DO HOMENAGEADO

Ele é brumadinense desde 1993. Valdir de Castro Oliveira é jornalista, Professor, escritor, mestre em Sociologia, doutor em ciências da comunicação pela Universidade de São Paulo – USP -, especialista em comunicação, mobilização e participação popular, além de diversas especializações Brasil e América Latina afora. Fez carreira docente na área de Comunicação da UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais -, PUC Minas e no Programa de Pós-graduação do Instituto de Ciências e Inovação Tecnológica da Fundação Oswaldo Cruz (Rio de Janeiro), onde orientou muitas pesquisas de mestrado e de doutorado.

É autor do livro de poemas “Réquiem para o Inhotim” (All Print Editora, 2010, 191 pgs.), do livro “Os alicerces da Utopia - Saúde e Cidadania no SUS de Brumadinho” (1996), e co-autor de “Políticas de Controle do HIV/AIDS no Brasil e em Moçambique” (Editora Fiocruz, 2016, 235 pgs), dentre outros escritos em revistas da área de saúde, como Interface, Reciis, Ciência e Saúde Coletiva, Organicom e tantas outras, mas também em muitos capítulos de livros, além de textos que constam da Biblioteca do Ministério da Saúde. “Uma grande pesquisa que ele realizou sobre a comunicação nos conselhos de saúde se tornou referência incontornável para quem se interessa pelo tema. Também pensou teoricamente sobre modelos de comunicação e aprofundou a reflexão sobre conceito de mediação” (homenagem do PPGICS - Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Informação e Comunicação em Saúde, da Fiocruz, 2022). Ao PPGICS da Fiocruz, Valdir presenteou sua vasta e importante biblioteca. São 998 livros e 179 itens de periódicos. “Uma preciosidade que atesta a importância que ele atribui ao PPGICS”, confiando a ele “seu tesouro”.

Valdir ajudou a fundar o Conselho de Segurança do Município e presidiu a ONG Associação de Defesa do Meio Ambiente e Desenvolvimento do Vale do Paraopeba. Integrou o Conselho de Saúde de Brumadinho, “participando ativamente das mobilizações em prol da defesa de pessoas e coletividades que têm seus direitos negados, direitos que são tantas vezes vilipendiados por interesses econômicos e políticos sem compromisso com as comunidades locais” (homenagem do PPGICS)

Por muitos anos comandou o programa “De Olho Na Saúde” na então rádio comunitária Inter FM e foi editor do Jornal Tribuna do Paraopeba.

Para quem quiser saber mais sobre Valdir de Castro Oliveira deve procurar, nas palavras de uma colega de trabalho, Professora Inês Soares de Araújo, a Inesita,uma pessoa que tem um olhar bondoso, expressão que transmite imediatamente a quem está com ele uma atitude de escuta, acolhimento, fraternidade, [expressão] que atravessa e constitui não somente seu modo de estar no mundo, como ser humano, mas também o modo de atuar na vida intelectual, docente e cidadã. O prof. Valdir parece ter alcançado uma fórmula possível de estar no mundo vendo e ajudando a ver, falando e ajudando a falar, de lugares diferentes, mas articulados.”

Ou, nas palavras de Mel Bonfim, vice-diretora de Ensino / Icict / Fiocruz, “uma pessoa que inspira e afeta o outro com sua humildade, simplicidade e generosidade”.

Ou, ainda, nas palavras da ex-aluna e orientanda Daniela Savaget: “Resumo o Valdir numa palavra que se contrapõe a tudo que o Professor Valdir é mas também resume perfeitamente o que o Professor Valdir é: a palavra “miudezas”. O famoso Prof. Valdir é o Professor das miudezas, foi nas miudezas do dia-a-dia que eu conheci o Prof. Valdir, ele é o professor do encantamento das miudezas, o Professor da calmaria no meio da tempestade, a fala mansa, o cuidado com os outros; é colo, o espaço seguro que a gente tem, nas duvidas, nos questionamentos que todo aluno passa. Ele é essa generosidade desmedida, essa grandeza desmedida de saber, ele sabe de tudo: como diria minha avó: ‘Eita Professor sabido!’ Eu aprendi com ele que ser professor não é só sobre ensinar. É sobre aprender. Eu só queria ser em sala de aula um décimo do que o Professor Valdir foi pra mim. Eu estou em busca desse afeto, da escuta linda que ele tem.”

Eis nosso homenageado!    

DOS OBJETIVOS

O VI Concurso Internacional de Poesias, Contos ou Crônicas  “Valdir de Castro Oliveira”, do jornal de fato – Brumadinho – MG tem por objetivos divulgar e, especialmente, incentivar,  valorizar e reconhecer talentos novos e antigos na arte da produção literária em língua portuguesa, bem como mapear essa produção em Brumadinho e região.

DA ORGANIZAÇÃO

O VI Concurso Internacional de Poesias, Contos ou Crônicas  “Valdir de Castro Oliveira” é realizado pelo Jornal de fato – Brumadinho – MG, cabendo a este solucionar quaisquer controvérsias, casos omissos ou pendências advindas do Concurso, bem como realizar de modo exclusivo quaisquer comunicados aos participantes e interessados que deverão sanar suas dúvidas enviando mensagem para o e-mail defatojornal2@gmail.com 

DO PRAZO DE INSCRIÇÃO

As inscrições encontram-se abertas desde já, encerrando-se às 23H59 no dia 25/9/22 (vinte e cinco de setembro de dois mil e vinte e dois), salvo prorrogação expressamente anunciada pela organização do Concurso.

A inscrição online deverá ser feita preenchendo o formulário eletrônico disponível no link https://docs.google.com/forms/d/1O4qc-EOu2N1Iyphj4GNAQIgcKlsq2yzeUAcK2gvLtAI/edit

até a data limite estipulada neste Edital, no qual deverá escolher a categoria que pretende concorrer, informar seus dados pessoais e subir (fazer upload) no campo indicado o poema e/ou crônica ou conto ser(em) inscrito(s). Não serão aceitas inscrições fora do formulário.

Não há cobrança de taxa de inscrição.

DO TEMA

O tema é livre. No entanto, não serão aceitos trabalhos que possuam conteúdo bolsominion, ou seja, fascista, racista, machista, homofóbico, violento e/ou preconceituoso.

DAS MODALIDADES

O VI Concurso Internacional de Poesias, Contos ou Crônicas  “Valdir de Castro Oliveira”, do jornal de fato – Brumadinho – MG terá as modalidades prosa (contos ou crônicas) e verso (poesia).

Entende-se como “conto” e “crônica”, para participação neste Concurso, a narrativa curta (até 10 páginas), com tema único, espaço e tempo limitados e com número reduzido de personagens.   

DOS PARTICIPANTES

Poderão concorrer ao VI Concurso Internacional de Poesias, Contos ou Crônicas  “Valdir de Castro Oliveira”, do jornal de fato – Brumadinho – MG quaisquer pessoas, brasileiras e não-brasileiras, desde que o texto seja escrito em língua portuguesa, sob pseudônimo, que deverá ser o mesmo tanto para trabalho de uma modalidade quanto de outra, se o participante se inscrever nas duas.

Participantes menores de idade de 18 anos até a data final de inscrição deverão encaminhar, junto com o(s) trabalho(s), “Autorização de Participação e Publicação” assinado por responsável legal.

Fica vetada a participação de membros das Comissões Organizadora e Julgadora do Concurso.

DAS CATEGORIAS

Categoria Local:

Escritores de Brumadinho acima de 18 anos

Escritores de Brumadinho com até 18 anos

 

Categoria Nacional / Internacional:

Escritores acima de 18 anos

Escritores com até 18 anoso.

DO INEDITISMO

As obras deverão ser, obrigatoriamente, inéditas. Entende-se por inédito o trabalho que não foi publicado em blogs pessoais; ou blogs de poesia ou de contos ou crônicas; redes sociais, livros e revistas, jornais e/ou antologias quaisquer, tanto em formato impresso como virtual.

Serão desclassificados os trabalhos que apresentem plágio, no todo ou em parte.

DA QUANTIDADE DE TRABALHOS A SEREM ENVIADOS

Cada escritor poderá inscrever até 2 (dois) trabalhos, mas com apenas 1 (um) trabalho em cada uma das modalidades (poesia; e conto ou crônica).

Em caso de ser enviada mais de uma inscrição para cada modalidade, será considerada a última inscrição.

DO FORMATO:

O texto enviado deverá estar salvo em formato .doc ou .docx (Word ou similar), fonte Arial, Times New Roman, Calibri ou Book Antiqua, tamanho 12, em espaço entre linhas de 1,5; no tamanho A4.

O título deverá ser destacado em negrito.

Sob o título, deverá obrigatoriamente constar pseudônimo, modalidade e categoria. Ex: “Paulo Flores - Prosa – Categoria Local - Até 18 anos”; “Manacá do Campo – Poesia – Categoria Nacional / Internacional – Acima de 18 anos).

O descumprimento das normas acima poderá acarretar a desclassificação do trabalho.

DO JULGAMENTO E COMISSÃO

Os trabalhos serão apreciados por uma Comissão Julgadora composta de 3 (três) a 5 (cinco) pessoas capacitadas em literatura e Língua Portuguesa, a ser instituída pela Organização do Concurso, e terá plena autonomia de julgamento, não cabendo recurso às suas decisões.

DA PREMIAÇÃO:

Serão selecionados:

“Os 10 Melhores” trabalhos de cada modalidade (poesia; e conto ou crônica) e categoria nacional / internacional acima de 18 anos;   

“Os 5 Melhores” trabalhos de cada modalidade (poesia; e conto ou crônica) e categoria local acima de 18 anos; e

“Os 5 Melhores” trabalhos de cada modalidade (poesia; e conto ou crônica) e categorias nacional / internacional e local até 18 anos,

conforme tabela abaixo,

 

10

poesias

+18, Categoria Nacional / Internacional

10

contos

5

poesias

+ 18, Categoria Local

5

contos

5

poemas

até 18, Categoria Nacional / Internacional

5

contos

5

poesias

até18, Categoria Local

5

contos

 

totalizando 50 (cinquenta) prêmios, que receberão os Certificados “Os 10 Melhores” e “Os 5 Melhores”.

“Os 10 Melhores” e “Os 5 Melhores” da modalidade poesia serão publicados pelo Jornal de fato – nas edições impressa (se ela se mantiver no ano seguinte ao concurso) e eletrônica (https://jornaldefato.blogspot.com)-, a partir da edição do mês de janeiro/2023. A modalidade conto ou crônica será publicada apenas na versão eletrônica.  

Um número menor de trabalhos poderá ser selecionado caso a Comissão Julgadora considere inalcançada a qualidade necessária para a seleção.

“Os 10 Melhores” e “Os 5 Melhores” em cada modalidade e categoria ainda poderão ser premiados com troféus e/ou medalhas e/ou livros literários caso a Organização do Concurso consiga patrocinadores para custear tais prêmios.    

DO CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO

Todos os participantes que desejarem poderão solicitar, via e-mail - defatojornal2@gmail.com -, seu certificado digital de participação no Concurso, até 2 (dois) meses após a divulgação dos resultados. A solicitação deve ser enviada contendo nome completo, pseudônimo, nome do trabalho inscrito, qual modalidade e qual categoria. Essa determinação poderá ser restrita a 100 (cem) inscritos, caso o número de participantes ultrapasse esse número, sendo enviados os certificados para os 100 primeiros escritores que o solicitarem.

As escolas que tiverem algum aluno entre os selecionados também receberão certificados de participação.

DOS RESULTADOS:

A relação dos trabalhos premiados será divulgada até o dia 31/10/22 (trinta e  um de outubro de dois mil e vinte e dois) nos endereços eletrônicos do Jornal (https://jornaldefato.blogspot.com e www.facebook.com/jornaldefato) para a Categoria Nacional / Internacional e na Cerimônia de Entrega da Premiação” para a Categoria Local.

“Os 10 Melhores” e “Os 5 Melhores” em cada modalidade e categoria Nacional / Internacional serão comunicados também via e-mail até o dia 31/10/22.

DA CERIMÔNIA DE ENTREGA DA PREMIAÇÃO

Os inscritos na Categoria Local serão informados do RESULTADO do Concurso em “Cerimônia de Entrega da Premiação” com data, local e horário a serem definidos posteriormente pela Comissão Organizadora. Por resolução da Comissão Organizadora, essa cerimônia poderá ser estendida também aos demais participantes do Concurso (Categoria Nacional / Internacional).

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

A inscrição implica automaticamente na aceitação das condições desse Edital, bem como a autorização para a publicação das obras inscritas em quaisquer mídias que a Comissão Organizadora julgar conveniente. Portanto o autor assume total responsabilidade pela autoria, podendo responder por plágio, cópia indevida e demais crimes previstos em lei.

O não cumprimento de qualquer item do Edital poderá implicar na desclassificação da obra inscrita;

Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora.

 

Brumadinho, 29 de março de 2022

 

ANEXOS:

1- DADOS PARA INSCRIÇÃO

E-mail:
Nome do autor:

Data de nascimento:

Profissão:
Telefone com código do país (para concorrentes fora do Brasil) e DDD:

Cidade / Estado / País:

Título da Obra:

Categoria:

Modalidade:

Título da obra:

Pseudônimo Autor:

Trabalho:

Declaração (menor de idade):

Breve Biografia Literária

Declaro para os devidos fins estar ciente do Edital do Concurso

 

2- AUTORIZAÇÃO DE PARTICIPAÇÃO E PUBLICAÇÃO

(Copiar, colar, preencher, ASSINAR, fotografar ou transformar em imagem e subir (fazer upload) no formulário de inscrição.  

 

AUTORIZAÇÃO DE PARTICIPAÇÃO E PUBLICAÇÃO

 

Eu, (nome do responsável legal) , CPF ________________________________, AUTORIZO a PARTICIPAÇÃO de (nome do (a) escritor (s)) no VI Concurso Internacional de Poesias, Contos ou Crônicas  “Valdir de Castro Oliveira”, do jornal de fato – Brumadinho – MG, bem como a PUBLICAÇÃO do trabalho caso seja contemplado entre “Os 5 Melhores” da (s) modalidade (s).

(Local e data)

 

Assinatura do responsável legal

 

 

4 comentários:

  1. Não gostei! Quer incentivar escritores e não da nenhum centavo de prêmios? E ainda exige um monte de asneiras ???

    ResponderExcluir
  2. Acredito que os apaixonados pela arte de escrever irão participar, visto que está na veia o ir vir do lápis, da caneta ou do até mesmo do teclado, escritor é assim, gosta de cozer palavras para ver prato feito. parabéns pela oportunidade.

    ResponderExcluir
  3. Essa é uma oportunidade para todos aqueles que gostam de escrever.Escrever é uma arte para todos aqueles que sabem pensar.

    ResponderExcluir
  4. Bolsonaro reeleito em 2022 ( Lula ladrão seu lugar e na prisão)

    ResponderExcluir